Unicef: mais de mil crianças foram sequestradas na Nigéria

Além disso, 2.295 professores foram assassinados desde 2009 no país

por Caroline Nunes sex, 13/04/2018 - 13:57

Mais de mil crianças foram sequestrados na Nigéria pelo grupo jihadista Boko Haram desde 2013, incluindo 276 meninas raptadas na escola em Chibok, em 2014. Os dados foram divulgados hoje (13), através de comunicado oficial do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef).

"O quarto aniversário do sequestro de Chibok nos lembra que as crianças no nordeste da Nigéria continuam sendo atacadas em uma escala assustadora. O ataque a uma escola da cidade de Dapchi em fevereiro passado, que acabou com o sequestro de 110 meninas, das quais mais de cem foram libertadas em março e cinco foram dadas como mortas, é a última indicação de que há poucos lugares seguros para as crianças no nordeste", diz a nota.

O Unicef ressaltou que, desde que o conflito do Boko Haram em 2009, pelo menos 2.295 professores foram assassinados e mais de 1.400 escolas foram destruídas. A maior parte das instituições educacionais continuam fechadas até hoje.

COMENTÁRIOS dos leitores