CNC reduz previsão de alta do comércio em 2018 para 5%

Apesar de resultados positivos em dois dos dez segmentos cobertos pela pesquisa do IBGE, a recuperação do setor continua dependente da regeneração das condições de consumo

por Caroline Nunes sex, 13/04/2018 - 14:38

A Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) reduziu em 0,2 ponto percentual a expectativa de crescimento do comércio em 2018, ficando em 5%. A redução foi motivada pela queda de 0,2% nas vendas no varejo, verificada em fevereiro deste ano em comparação a janeiro, conforme a Pesquisa Mensal do Comércio divulgada ontem (12) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Sem crescimento mensal desde novembro do ano passado, quando o setor registrou alta de 2,4%, os dados sugerem que existe “maior dificuldade do consumo nos últimos meses”. Na comparação com o mesmo período do ano passado, o varejo avançou 5,2% em fevereiro, o que representa desempenho menos favorável do volume de vendas desde julho de 2017.

Para a CNC, apesar de resultados positivos em dois dos dez segmentos cobertos pela pesquisa do IBGE, a recuperação do setor “continua dependente da regeneração das condições de consumo”.

COMENTÁRIOS dos leitores