Dezembro é mês das confraternizações. Mas e a dieta?

Nutricionista orienta sobre consumo de alimentos e bebidas durante as festas de final de ano. Moderação deve ser a regra.

ter, 19/12/2017 - 11:03
Divulgação A nutricionista Jamile Khaled dá dicas para quem vai curtir as festas Divulgação

Há pessoas que têm dois eventos por dias durante o período de festas de final de ano, da mesma forma que existem pessoas que têm um a cada semana. Nesse caso, a regra não vale para todos. Seja qual for a situação em que você se encaixa, a moderação precisa ser uma constante. Fazer escolhas, não aderir a toda oferta e, principalmente, praticar exercícios religiosamente, incluindo finais de semana, é um bom conselho a ser seguido.

Segundo a nutricionista Jamile Khaled, no último mês do ano, para ficar “bem na foto” no Natal, é comum a substituição de uma das refeições do dia pelos famosos shakes com fórmulas para controle de apetite no horário que antecede a festa. Mas ela adverte: “Só comerá sem culpa quem teve tempo e oportunidade de criar créditos na balança para este mês”.

Não existe uma fórmula de dieta que sirva para esses dias. É preciso traçar a realidade de cada um no que diz respeito ao número de eventos,tipo de pratos oferecidos, consumo de bebida alcoólica etc. Por isso, é sempre importante contar com a ajuda de um profissional habilitado para fazer um planejamento para que janeiro não seja só de prejuízos na balança e no manequim.

De nada adianta investir em dietas malucas, radicais, principalmente, se forem de última hora. Àquelas pessoas que já mantêm uma alimentação equilibrada ao longo do ano, que já praticam atividade física regularmente, a dica é aliviar a pressão e aproveitar o momento. “Aí acho que vale se permitir e ter um planejamento efetivo para gerenciar e eliminar esses excessos nos dias que seguirão”, orienta a nutricionista.

A profissional aproveita para indicar algumas medidas básicas que podem ajudar:

1) o consumo de bebida alcoólica precisa ser limitado. Se você tem dois eventos no final de semana escolha somente um para consumir álcool;

sobremesas também não podem estar liberadas; evite consumir vários tipos diferentes e concentre este consumo em um horário somente a cada dois eventos;

2) nos dias de evento: se for jantar, por exemplo, tente manter o almoço somente com hortaliças e proteínas magras, assim você "se poupa" para o cardápio do evento. E vice-versa;

3) sempre faça exercício nos dias de eventos;

4) no dia seguinte às festas, adote uma alimentação sem gordura e doces e com perfil diurético para ajudar na eliminação dos excessos.

Agora, se preferir uma palavra de incentivo para cumprir a promessa da dieta no novo ano, a nutricionista dá: comece! Não importando se é segunda-feira ou não; se já comprou todos os itens da dieta ou não, se já passou o café da manhã ou não. É preciso dar o pontapé inicial e isso pode ser feito a qualquer momento e em qualquer circunstância. “A qualidade de vida melhorada para um ano novo abrirá um leque de possibilidades magras e promissoras”, pontua.

Por Bianca Teixeira, especialmente para o LeiaJá Pará.

 

COMENTÁRIOS dos leitores