Parlamento da Austrália aprova casamento gay

Primeiros matrimônios devem ser realizados em fevereiro de 2018

qui, 07/12/2017 - 08:01
SEAN DAVEY/AFP A estimativa é de que os primeiros casamentos sejam realizados já no início de fevereiro SEAN DAVEY/AFP

O Parlamento da Austrália aprovou nesta quinta-feira (7) o projeto de lei que permite o casamento entre pessoas do mesmo sexo no país. Com apenas quatro votos contra, o texto foi liberado por ampla maioria - assim como havia ocorrido no Senado na semana passada.

Agora, a lei apresentada pelo senador Dean Smith muda a definição de matrimônio como uma união entre "homem e mulher" para "a união entre duas pessoas". Pela legislação australiana, a nova regra deve entrar em vigor em cerca de um mês, com a estimativa de que os primeiros casamentos sejam realizados já no início de fevereiro.

Na última segunda-feira (4), o deputado Tim Wilson tinha surpreendido seus pares ao fazer um pedido de casamento ao seu companheiro de nove anos, Ryan Bolger, da tribuna do plenário.

O projeto ganhou impulso após um referendo nacional mostrar que a maioria da população, 61,6%, concordava com a medida. No pleito realizado no meio de novembro, que não tinha o voto obrigatório, 79,3% dos australianos foram às urnas para dar sua opinião.

Com isso, a Austrália tornou-se o 27º país do mundo a reconhecer o casamento entre pessoas do mesmo sexo como um direito. 

Da Ansa

COMENTÁRIOS dos leitores