Alimentos tem maior queda de preços da história

Diante de uma safra recorde, preço de itens importantes caiu e a inflação dos alimentos registrou a maior queda em 40 anos

por Sarah Abrão ter, 05/12/2017 - 14:12

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) informou, que até outubro, a inflação dos alimentos caiu 4,56%, um recorde da série histórica de alimentos no Brasil. 

Parte dessa queda é explicada pela supersafra deste ano. Segundo informações da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), a safra 2016/2017 colheu 232,63 milhões de toneladas de grãos. Isso significa uma maior oferta de arroz e feijão, por exemplo. A ração dos animais também ficou mais barata, o que reduziu o preço de carnes.

Entre os itens que passaram a ficar mais baratos, alguns se destacam, como: o feijão carioca caiu 36,86% no ano. Se um saco de feijão custasse R$ 8 no início do ano, com essa queda, ele ficou mais barato e passou a ser comprado por R$ 5,05.

Já o prato mais tradicional no Brasil também ficou mais em conta no ano. Além do feijão, o arroz caiu 9,97%, o contra-filé ficou 6,71% mais barato e o frango caiu 9,93%.

COMENTÁRIOS dos leitores