Tigre é morto após fugir de circo em Paris

O circo Bormann Moreno, do qual o animal escapou, tinha acabado de se instalar em Paris e começaria suas apresentações ao público em 3 de dezembro próximo

sex, 24/11/2017 - 19:40
Thomas SAMSON Policiais transportam o corpo do tigre em Paris, no dia 24 de novembro de 2017 Thomas SAMSON

Um tigre de 200 quilos foi abatido por seu proprietário nesta sexta-feira (24), em Paris, após escapar de um circo. O animal tinha escapado no final desta tarde do local, situado a oeste da capital francesa.

Pouco antes das 18h locais (16h, no horário de Brasília), os bombeiros foram avisados por várias pessoas que haviam visto o felino nas proximidades da emissora France Télevisions.

Enquanto a informação ia-se propagando pelas redes sociais, a empresa que gerencia os transportes de Paris decidiu, por razões de segurança, interromper as atividades em uma linha ferroviária por cerca de meia hora.

O circo Bormann Moreno, do qual o animal escapou, tinha acabado de se instalar em Paris e começaria suas apresentações ao público em 3 de dezembro próximo. "O proprietário estava abalado. Quando chegamos, o tigre de 200 quilos já estava morto", disse à AFP uma porta-voz dos bombeiros, a capitã Valérian Fuet.

O animal foi abatido "em uma passagem, em uma entrada, não estava na rua, não havia pedestres", relatou. Segundo uma fonte policial, o proprietário foi detido de forma preventiva.

O corpo do animal terá de ser recuperado pelo circo, ou transportado para uma clínica, para que, então, seja feita uma necropsia, acrescentou Fuet. A Polícia abriu uma investigação sobre o caso.

COMENTÁRIOS dos leitores