Queniana dá à luz na fila da seção eleitoral

Ela foi levada para um ambulatório da vizinhança, voltando depois para depositar seu voto

ter, 08/08/2017 - 11:06
LUIS TATO Policial queniano controla acessos a posto eleitoral em Nairóbi, em 8 de agosto de 2017 LUIS TATO

Os quenianos foram às urnas, nesta terça-feira (8), para eleger seu novo presidente, mas ninguém parece ter tido uma experiência eleitoral tão inesperada quanto Paulina Chemanang, que deu à luz diante da seção de votação.

Paulina começou a sentir as contrações logo que chegou à sua seção eleitoral, no afastado condado de West Pokot, no oeste do país. Com a ajuda de desconhecidos, teve sua filha na fila de espera para votar, relatou a rádio Capital FM.

Ela foi levada para um ambulatório da vizinhança, voltando depois para depositar seu voto. "Agora, estou feliz, porque pari e votei", declarou. "Ter dado à luz em uma seção eleitoral é uma bênção para mim, e eu agradeço a Deus", acrescentou. Sua filha se chamará Chepkura, que significa "antes de votar" em suaíli.

Cerca de 19,6 milhões de quenianos estavam inscritos para votar nessas eleições gerais para presidente, deputado, senador, governador, autoridades locais e representantes das mulheres na Assembleia.

A eleição presidencial se anuncia como muito disputada entre o presidente em final de mandato, Uhuru Kenyatta, em busca de um segundo mandato de cinco anos, e seu opositor Raila Odinga, que se candidata pela quarta vez. Até o momento, a votação transcorre sem incidentes.

COMENTÁRIOS dos leitores