Casal é deportado de Dubai por fazer sexo sem casar

O homem desmente a versão apontada pela polícia, no entanto, o Tribunal determinou que ambos saíssem do país

por Naiane Nascimento seg, 17/07/2017 - 11:23
Creative Commons/Flickr/Sam valadi A mulher ainda recebeu uma multa de 181 euros pelo consumo de álcool, porém, a mesma acusação ao homem teve absolvição Creative Commons/Flickr/Sam valadi

Um episódio registrado em Dubai mandou de volta para o Japão um casal condenado por praticar sexo em um carro estacionado na praia. A condenação se deu porque eles teriam feito o ato fora do casamento. O caso aconteceu em março, mas a determinação foi dada pelo tribunal nos últimos dias. 

De acordo com a imprensa europeia, um policial que estaria de folga disse ter ido com a família à Zona de Al Sufouh e encontrou o casal tendo relações sexuais dentro do carro. O homem de 41 anos e a mulher de 28 foram então acusados da prática fora do casamento e ainda após terem consumido álcool. 

Já a versão do homem desmente o policial. Ele explicou que foram ao aniversário de um amigo e lá beberam. Após isso, eles ficaram enjoados e tiraram as roupas para se sentirem melhor e então tentaram vomitar. Ele garante não terem feito sexo, mas as acusações permaneceram e eles acabaram tendo a ordem de serem deportados em setembro. 

Segundo informações de jornais locais, ao Tribunal de Pequena Instância Criminal de Dubai, eles chegaram a confessar o ato, mas pediram benevolência. Mesmo assim, ambos foram condenados a um mês de prisão, mas a pena foi suspensa. A mulher ainda recebeu uma multa de 181 euros pelo consumo de álcool, porém, a mesma acusação ao homem teve absolvição. 

COMENTÁRIOS dos leitores