Em Belém, garis protestam contra salários atrasados

Manifestação parou o trânsito em avenidas de acesso ao centro da capital paraense. Empresa devedora presta serviços para a prefeitura.

qui, 13/07/2017 - 14:15

Durante a manhã de quarta-feira (12), garis bloquearam as avenidas Magalhães Barata e Gentil Bittencourt, em Belém. O motivo do protesto foi o atraso no repasse de verba para a empresa que presta os serviços. “Nós estamos com os salários atrasados, essa é a reivindicação que estamos fazendo aqui, trancando e prendendo a rua”, explica Simone Silva, técnica de enfermagem e uma das porta-vozes da manifestação.

Segundo Giancarlo Sousa, técnico em segurança do trabalho e um dos líderes da manifestação, desde abril a prefeitura não faz o pagamento, o que gerou atrasos no salário dos funcionários. “A gente está reivindicando os nossos direitos porque nós tivemos uma posição ontem da SEFIN para a empresa dizendo que não tem previsão nenhuma de repassar a verba. Ou seja, vamos ficar mais um mês sem receber”, explica Giancarlo. Ele também lamenta os transtornos causados pelo protesto, mas justifica. “Entramos num acordo para vir pra cá para pressionar o poder público municipal e infelizmente nós estamos fazendo isso aqui porque é do nosso direito também reivindicar os nossos direitos”, disse.

A manifestação transcorreu de forma pacífica até que, por volta das 14 horas, as duas vias bloqueadas foram liberadas. Segundo a porta-voz Simone Silva, a liberação ocorreu por sensibilidade para com os pedestres e pacientes do hospital Ophir Loyola, que está localizado em frente a uma das ruas interditadas, pois, até aquele momento, a prefeitura não havia se manifestado. Em nota, a prefeitura informou que vai providenciar o pagamento dos salários atrasados.

Por Karolina Pavão.

 

 

COMENTÁRIOS dos leitores