PRF resgata criança por suspeita de maus-tratos

Menino de 11 anos foi acolhido no Conselho Tutelar de Ananindeua, na Região Metropolitana de Belém

qui, 18/05/2017 - 15:29
Divulgação/PRF Agentes da PRF encontraram o menino na rua, chorando Divulgação/PRF

Agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) encontraram uma criança em situação de risco na noite da última terça-feira (16), em Ananindeua, município da Região Metropolitana de Belém. Os policiais foram avisados por uma testemunha que informou ter presenciado um menino desembarcar de um veículo Siena de cor preta e correr em direção a um shopping localizado na rodovia BR-316, na entrada da capital paraense. Segundo a testemunha, a criança teria gritado por socorro enquanto era seguida por uma senhora.

Segundo a PRF, a criança chorava compulsivamente. Durante a investigação, o menino de 11 anos de idade contou que é filho de pais separados e que mora com a mãe. Segundo a vítima, horas antes, ele teria machucado o braço enquanto brincava dentro do colégio onde estuda. Ao chegar para buscá-lo, a mãe notou o estado nervoso em que a criança se encontrava e o agrediu, segundo relato colhido pelos agentes, no interior do veículo.

Os agentes da PRF constataram que havia manchas de sangue na camisa do colégio que a criança usava. A vítima afirmou ter sido resultado da agressão materna. O menino informou que estava sem se alimentar e com muita fome. Os agentes providenciaram um lanche para que o garoto não se sentisse mal.

A criança foi levada para o Conselho Tutelar de Ananindeua. Os conselheiros a acolheram e enquadraram a situação como crime de maus-tratos. Acionado, o pai do menino compareceu perante os conselheiros para levar o filho.

Informações da assessoria da PRF.

 

 

 

COMENTÁRIOS dos leitores