Prédios do Arruda devem ser demolidos nos próximos dias

Blocos A1 e A2 do Conjunto Residencial Eldorado correm risco iminente de desabamento

por Damares Romão | sex, 24/05/2013 - 15:44
Compartilhar:

 

Foto: Chico Peixoto/LeiaJáImagens Durante a tarde de hoje, a Defesa Civil dará continuidade às vistorias nos demais blocos do residencial Durante a tarde de hoje, a Defesa Civil dará continuidade às vistorias nos demais blocos do residencial

Os prédios dos blocos A1 e A2 do Conjunto Residencial Eldorado, localizado na Rua da Regeneração, no bairro do Arruda, Zona Norte do Recife, devem ser demolidos nos próximos dias. A informação foi confirma pelo secretário-executivo de Defesa Civil do Recife (Sedec), coronel Adalberto Freitas, nesta sexta-feira (24).

De acordo com o secretário, os prédios estão em total colapso e há risco iminente de desmoronamento. Por esse motivo, as 16 famílias do bloco A2 não puderam entrar nos imóveis para retirar nem mesmo itens pessoais.

Através de nota, a Secretaria-Executiva de Defesa Civil informou que interditou os blocos A1 e A2 devido o risco iminente de desabamento do imóvel.

“As famílias dos 32 apartamentos, sendo 16 em cada bloco, foram encaminhadas para a casa de parentes, tendo sido necessária a desocupação imediata do bloco A1. Já os moradores do bloco A2 puderam retirar os pertences essenciais enquanto a área foi isolada. 

A medida tomada pela Defesa Civil se baseou nas estruturas comprometidas e rachaduras que foram observadas no bloco A1, além do histórico do residencial, que consta com uma vistoria laboratorial realizada pelo Instituto de Tecnologia de Pernambuco (Itep), em 2008, mostrando o grau de risco do edifício classificado como muito alto. 

Durante a tarde de hoje, os analistas da Defesa Civil vão dar continuidade às vistorias nos demais blocos do Conjunto Residencial Eldorado que, ao todo, possui 14 blocos”.

Com informações da assessoria

 

| | | Link:
Compartilhar: