Augusto quer um 2019 sem lesões e com volta do bom futebol

Jogador espera manter lesões longe e acredita que pode apresentar o mesmo futebol que ganhou destaque no Campinense

por Luan Amaral qui, 10/01/2019 - 11:53
Reprodução Santa Cruz Augusto fez fortalecimento muscular nas ferias para manter lesões longe Reprodução Santa Cruz

O atacante Augusto chegou a equipe do Santa Cruz na temporada de 2017 vindo do Campinense. Depois de se destacar no clube paraibano o jogador chegou a negociar com Sport e Náutico, mas desembarcou no Arruda. Com seguidas lesões, Augusto espera redenção nesta temporada.

O jogador que se preparou fisicamente durante o período de férias e espera enfim afastar as lesões que atrapalharam o rendimento do jogador. Augusto demonstrou muita vontade e acredita que esse trabalho realizado por ele pode fazer a diferença na ao longo da temporada.

“Posso dizer que o trabalho que fiz de fortalecimento muscular foi bom. Não tive lesão e estou sentindo meu corpo melhor e mais forte. Espero seguir dando continuidade no trabalho e fazendo meu fortalecimento. Quero fazer uma boa temporada”, sinalizou.

Augusto elogiou o comportamento da equipe e destacou a importância da partida para a confiança do grupo.

“É importante para dar confiança. Queríamos a vitória, mas ficou de bom tamanho. Foi nosso primeiro amistoso e a equipe deles vem com mais tempo de jogo, mais encaixada. Estamos ajustando alguns detalhes, alguns encaixes. Acredito que vamos entrar bem na estreia do dia 15”, ressaltou.

Augusto vem sofrendo com lesões musculares desde a sua chegada à equipe tricolor em 2017. Foram quatro lesões em 2017 e em 2018 voltou a ressentir do mesmo problema em pelo menos duas ocasiões o que permitiu apenas dois gols em 24 jogos disputados no ano passado.

O jogador tem se destacado nos treinos nesse inicio de temporada e fez o gol do empate no amistoso contra o Treze – PB. O bom rendimento rendeu elogios de Leston Junior. Augusto confia no retorno daquele bom futebol que ganhou destaque e acredita que se manter as lesões afastadas vai render tudo que pode: “Sei da minha capacidade e do que posso render. Aqui, desde que cheguei, fui atrapalhado por lesões. Mas sei que posso ser aquele Augusto do Campinense”, finalizou.

COMENTÁRIOS dos leitores