Na esteira dos protestos em Paris, jogo do PSG é adiado

Manifestações ocorrem por causa do aumento nos impostos sobre os combustíveis

ter, 04/12/2018 - 14:55
Reprodução/Facebook/Paris Saint-Germain Reprodução/Facebook/Paris Saint-Germain

A partida entre Paris Saint-Germain e Montpellier, que estava marcada para ocorrer no próximo sábado, no estádio Parque dos Príncipes, na capital parisiense, pela 17ª rodada do Campeonato Francês, acabou sendo adiada após um pedido feito pela polícia local. Essa foi uma medida preventiva das autoridades por causa dos vários incidentes que ocorreram nos últimos três finais de semana na cidade durante manifestações do movimento "coletes amarelos".

Esses protestos ocorreram em decorrência do aumento nos impostos sobre os combustíveis, em medida do governo francês que gerou muita revolta. E, após os três protestos que aconteceram nos três últimos sábados, já foi feita uma convocação para uma "quarta jornada de mobilizações" para este final de semana, conforme o movimento confirmou.

Nesta terça-feira, por sinal, manifestantes bloquearam diversos postos de combustíveis e muitos insistiram que a luta não tinha acabado. No último sábado, centenas de pessoas contrárias ao aumento de impostos para combustíveis na França voltaram a entrar em confronto com policiais nos arredores da Avenida Champs Elysées e do Arco do Triunfo, em Paris. Segundo o jornal francês Le Monde, ao menos 122 pessoas foram presas.

Em meio aos conflitos, os manifestantes construíram barricadas nas ruas, cometeram atos de vandalismo e lançaram pedras contra os policiais, que dispararam bombas de gás lacrimogêneo e canhões d'água para tentar dispersar o grupo. Na confusão, o Arco do Triunfo foi pichado, barras do Jardim das Tulherias foram arrancadas e veículos queimados.

Líder disparado do Campeonato Francês, com 43 pontos em 15 jogos, o PSG teria pela frente no sábado justamente o atual vice-líder, Montpellier, que está com 29 pontos. Terceiro colocado, com 28, o Lyon também teve adiado o duelo que faria contra o Toulouse, fora de casa, no sábado, tendo em vista o fato de que os protestos contra o aumentos nos impostos sobre os combustíveis não ocorrerão apenas em Paris neste próximo final de semana.

Os motivos para o adiamento destes dois confrontos válidos pela 17ª rodada do Francês não foram detalhados, mas, por meio de um curto comunicado, a Liga de Futebol Profissional (LFP) da França, que organiza a competição, disse que "seguiu um pedido da polícia francesa". "Aceitamos (a decisão da entidade). Para mim, a segurança é o mais importante", afirmou Thomas Tuchel, técnico do PSG, ao comentar nesta terça-feira o adiamento.

Nesta quarta, o time parisiense enfrenta o Strasbourg, fora de casa, pela 16ª rodada do Francês, que também foi atingida por uma ação de manifestantes no último final de semana. Na noite de sexta-feira, integrantes do movimento coletes amarelos chegou a bloquear um ônibus que levava o time do Nantes para o aeroporto Andrézieux-Bouthéon, de onde a equipe viajou para jogar contra o Saint-Étienne, que ganhou o duelo por 3 a 0, na abertura da 15ª rodada da competição.

A comissão de competições da LFP também informou nesta terça-feira que definirá posteriormente uma nova data para a partida entre PSG e Montpellier, assim como deverá ocorrer com a partida entre Lyon e Toulouse.

COMENTÁRIOS dos leitores