Atlético-PR goleia Vitória, se reabilita e deixa lanterna

Furacão chegou aos 13 pontos

dom, 29/07/2018 - 18:50

O Atlético Paranaense enfim reagiu no Campeonato Brasileiro. Neste domingo, o time de Curitiba deixou a lanterna em grande estilo ao golear o Vitória por 4 a 0, na Arena da Baixada, na capital paranaense, pela 16ª rodada.

O resultado foi apenas a terceira vitória nos últimos 19 jogos do time paranaense. O último resultado positivo no Brasileirão havia sido há seis jogos, nos 2 a 0 sobre o Santos, pela oitava rodada. De lá para cá, cinco derrotas e apenas um empate. Os paranaenses têm um jogo a menos na tabela.

Apesar da vitória, o Atlético-PR segue na zona do rebaixamento, em antepenúltimo lugar, com 13 pontos. O Vitória, por outro lado, está fora da degola, com 18.

O time paranaense começou o duelo em uma rotação elevada e não deu chances para o adversário, abrindo o placar logo aos 11 minutos. Depois de cruzamento de Jonathan, Marcelo Cirino se antecipou à marcação e desviou de cabeça para o fundo das redes.

Pelo lado direito, o time paranaense encontrou espaço para dominar a partida e levar perigo ao Vitória. Pablo teve oportunidade para fazer 2 a 0 aos 18 minutos após escorregão de Kanu, mas escorou para fora. Em seguida, Marcinho não deixou escapar a oportunidade. Aos 21 minutos, ele ganhou na velocidade e desviou cruzamento rasteiro de Pablo, ampliando o marcador.

Com a boa vantagem, o Atlético-PR recuou e viu o adversário crescer no final do primeiro tempo. Pressionando, o time baiano levou perigo em cobranças de falta de André Lima e Neílton, que terminaram em defesas de Felipe Alves.

Apesar da pressão, quem marcou ainda no primeiro tempo foi o Atlético-PR. Aos 46 minutos, em nova jogada de velocidade, Renan Lodi apareceu no ataque e finalizou forte. Ronaldo não conseguiu segurar e soltou nos pés do estreante Wellington, que apenas empurrou para o fundo das redes.

O segundo tempo começou com um ritmo bem mais lento e o jogo acabou equilibrado. Mesmo assim, o Atlético-PR teve espaços para atacar. Marcinho recebeu em velocidade com condições para finalizar, mas não soltou a bola e acabou desarmado.

O Vitória não teve forças para quebrar a morosidade da partida, mesmo com as entradas dos atacantes Wallyson e Erick, e viu o adversário ampliar aos 24 minutos. Nikão foi até a linha de fundo e cruzou na medida para Pablo desviar de cabeça para o fundo das redes. Com a goleada estabelecida, o Atlético-PR só esperou o tempo passar, mas ainda sonha respirar aliviado no Brasileirão.

O Atlético-PR volta a campo contra o Corinthians, no próximo sábado, às 21 horas, em São Paulo. No domingo, o Vitória recebe o Cruzeiro, às 16 horas, no Barradão, em Salvador (BA).

 

FICHA TÉCNICA:

ATLÉTICO-PR 4 x 0 VITÓRIA

ATLÉTICO-PR - Felipe Alves; Jonathan, Paulo André, Léo Pereira e Renan Lodi; Wellington (Matheus Rosseto), Bruno Guimarães e Raphael Veiga; Marcelo Cirino (Crysan), Marcinho (Nikão) e Pablo. Técnico: Tiago Nunes.

VITÓRIA - Ronaldo; Ramon, Kanu, Ruan Renato e Bryan; Arouca (Erick), Willian Farias e Yago; Neílton, Lucas Fernandes (Wallyson) e André Lima (Marcelo Meli). Técnico: Vagner Mancini

GOLS - Marcelo Cirino, aos 11, Marcinho, aos 21, e Wellington, aos 46 minutos do primeiro tempo. Pablo, aos 24 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Bruno Guimarães e Renan Lodi (Atlético-PR); Bryan, Ramon, Ruan Renato, Kanu e Neílton (Vitória).

ÁRBITRO - Anderson Daronco (RS).

RENDA - R$ 155.230,00.

PÚBLICO - 9.795 pagantes.

LOCAL - Arena da Baixada, em Curitiba (PR).

COMENTÁRIOS dos leitores