Juventus vende todos os carnês de ingressos para temporada

Três dias depois da apresentação de Cristiano Ronaldo, os pacotes se esgotaram

qui, 19/07/2018 - 16:50
WANG ZHAO / AFP CR7 alavancou as vendas de ingressos WANG ZHAO / AFP

A Juventus celebrou nesta quinta-feira, três dias depois da apresentação de Cristiano Ronaldo, a venda de todos os carnês de ingressos válidos para as partidas da temporada 2018/2019, por competições na Europa e na Itália. "O desejo dos torcedores de ver nossos heróis no Allianz Stadium está nas alturas", diz comunicado emitido pelo clube.

Isso significa um total de, pelo menos, 29,3 mil torcedores garantidos no Allianz Stadium por jogo, sendo 25,3 mil pelos pacotes comercializados e outros 4 mil pela categoria premium de associação ao clube, que permite a entrada no estádio sem pagamento adicional.

A fase inicial de venda dos carnês durou entre os dias 4 e esta quarta-feira, quando os torcedores que haviam comprado os pacotes na temporada anterior tiveram preferência para readquiri-los, índice que chegou a 95%. O restante foi comercializado até esta quinta-feira para membros da categoria de associação J1897.

Inaugurado em setembro de 2011, o Allianz Stadium tem capacidade estimada em 41.507 pessoas presentes. A Juventus ganhou sete vezes o Campeonato Italiano desde que passou a mandar partidas no estádio, mas não conseguiu refletir na Liga dos Campeões da Europa o domínio visto na Itália.

Para conquistar o torneio continental, o maior investimento feito para a próxima temporada foi Cristiano Ronaldo, adquirido em uma transferência de 100 milhões de euros (cerca de R$ 450 milhões), além de custos adicionais de 12 milhões de euros (aproximadamente R$ 54 milhões) com encargos financeiros.

"A Champions é uma competição muito difícil. Espero ajudar. A Juve esteve em duas finais, não ganhou porque finais são incógnitas. Deve-se deixar as coisas fluir de uma maneira natural e ver o que a sorte nos dará", disse o atacante português na coletiva de apresentação dele, na segunda-feira, fazendo referência aos vice-campeonatos em decisões disputadas em 2015, contra o Barcelona, e em 2017, contra o Real Madrid, que tinha Cristiano Ronaldo na equipe. A Juventus não ganha o torneio continental desde a temporada 1995/1996.

COMENTÁRIOS dos leitores