Sob o comando de Dudu Capixaba, Náutico goleia o Salgueiro

Na estreia do treinador, o Timbu conseguiu sua primeira vitória na Série C ao vencer o Carcará por 3 x 0 na Arena de Pernambuco, neste sábado (12)

por Thayná Aguiar sab, 12/05/2018 - 20:53
MARLON COSTA/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO As investidas logo deram resultado MARLON COSTA/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Vindo de derrotas, Náutico e Salgueiro entraram em campo neste sábado (12), na Arena de Pernambuco, buscando uma recuperação na Série C do Campeonato Brasileiro. As duas equipes ocupam a parte de baixo da tabela. Sob o comando do treinador interino Dudu Capixaba, que assumiu depois da demissão de Roberto Fernandes, o Timbu goleou o Carcará por 3 x 0. Mesmo com a boa vitória, a equipe deixou a lanterna, mas subiu apenas uma posição e ocupa agora a penúltima posição da tabela.  

O JOGO

A partida começou muito amarrada. Afobados, os dois times erraram um grande número de passes, mas logo apareceram as boas chances para os dois lados. Aos 7 minutos Tiago Costa ganhou a dividida, fez o cruzamento para Wallace Pernambucano, mas Mondragon fez uma grande defesa e não permitiu que o Náutico abrisse o placar. Aos 10 Dadá fez um levantamento para a área, William Lira tentou de cabeça, mas mandou a bola na trave de Bruno. Em menos de um minuto, o Carcará chegou de novo. Desta vez, Maurício cabeceou e foi a vez de Bruno fazer uma grande defesa. 

As investidas logo deram resultado. Aos 11 minutos o Timbu abriu o placar com Robinho. O atleta acertou o chute no canto esquerdo, sem chances para Mondragon, e marcou. E o placar não demorou muito em 1 x 0. Aos 16 minutos, o goleiro do Carcará derrubou Robinho e juiz assinalou pênalti para o Náutico. Ortigoza foi para a cobrança e ampliou, deixando 2 x 0 para a equipe alvirrubra. 

Mesmo levando 2 x 0 e sem facilidades para entrar na área, o Salgueiro continuou buscando chances. Aos 24, o estreante Marcos Vinícius pegou a sobra na entrada da área e arriscou o chute, mas Bruno fez uma boa defesa e conseguiu desviar a bola para escanteio. Aos 36, Iury tentou lançar para William, mas Camutanga rapidamente afastou o perigo. Mas o Náutico não se acomodou no placar. Depois de uma boa troca de passes, Robinho bateu cruzado e Ortigoza só precisou escorar a bola para dentro e marcou o terceiro gol do Timbu. 

O segundo tempo começou com uma forte marcação do Náutico, dificultando as criações do Salgueiro. Com uma boa vantagem no placar, o Timbu soube aproveitar a posse de bola e teve mais tranquilidade na hora dos passes. Aos 8 minutos, Robinho tocou para Luiz Henrique que tenta o lançamento, Ortigoza faz o desvio para o gol, mas o juiz marca impedimento. Aos 12, Peu até que tentou fazer o lançamento para William, mas a bola ficou com o goleiro alvirrubro. 

Na segunda metade da partida, o Salgueiro ainda pressionou e deixou o Timbu, a maior parte do tempo, jogando no seu campo de defesa. Aos 31 minutos, o Salgueiro tenta de cabeça e a bola quase vai para o gol. Aos 33, o Náutico conseguiu chegar com perigo na área, mas o zagueiro Emerson recuperou a bola para o Carcará. Aos 44, Willian Lira ainda tentou para o Salgueiro mas mandou para fora. E ainda deu para o Timbu tentar mais uma. Aos 46, Wallace Pernambucano chutou e quase que o zagueiro Maurício faz contra.

FICHA DE JOGO 

Competição: Campeonato Brasileiro da Série C – quinta rodada 

Local: Arena de Pernambuco 

Náutico: Bruno; Luiz Henrique, Negretti, Camutanga e Tiago Costa; Jhonnatan, Jobson (Régis Potiguar), Robinho (Rafael Assis) e Dudu; Wallace Pernambucano e Ortigoza (Júnior Timbó). Técnico: Dudu Capixaba 

Salgueiro: Mondragon; Maurício, Emerson e Iury; Michel, Bruno Menezes (Peu), Dadá Belmonte, Izaldo e Marcos Vinícius (Alexon); Willian (André Victor) e Willian Lira. Técnico: Sérgio China 

Arbitragem:  André Luiz de Freitas Castro  

Assistentes:  Hugo Sávio Xavier Correa e Tiago Gomes da Silva 

Gols: Robinho, Ortigoza (2) 

Cartões amarelos: Jhonnatan, Negretti (NAU); Izaldo, Peu (SAL) 

Público: 2.184 

Renda: 17.475,00 

COMENTÁRIOS dos leitores