Presidente da Roma pagará multa após comemoração inusitada

James Pallotta pulou em uma fonte para festejar a vitória contra o Barcelona

qua, 11/04/2018 - 10:21
Andreas SOLARO / AFP Jogadores da Roma comemoraram muito a vitória contra o Barça Andreas SOLARO / AFP

O presidente da Roma, James Pallotta, concordou em pagar uma multa e pediu desculpas para a prefeita da cidade de Roma, Virginia Raggi, por pular em uma fonte para celebrar a vitória por 3 a 0 sobre o Barcelona, na terça-feira (10), no Estádio Olímpico. O resultado classificou o time às semifinais da Liga dos Campeões da Europa.

Cercado por uma multidão de torcedores da Roma, Pallotta foi visto dando uma cambalhota para trás, vestido com camisa e calças, em uma fonte na Piazza del Popolo, uma das principais praças de Roma e que fica a cerca de quatro quilômetros do Estádio Olímpico.

Pulando e cantando ao lado dos torcedores, o dirigente estava em êxtase depois de a Roma conseguir um triunfo surpreendente por 3 a 0 sobre o Barcelona, conseguindo uma reviravolta na série contra o gigante espanhol, que havia vencido o primeiro duelo das quartas de final, no Camp Nou, por 4 a 1.

A legislação da cidade aponta multa de 500 euros (aproximadamente R$ 2,1 mil) para quem entrar nas fontes históricas de Roma. E diante do incidente, Pallotta telefonou para a prefeita da cidade para se desculpar pelo seu ato. Ele deve se encontrar ainda nesta quarta-feira com Raggi.

Pallotta, de 60 anos, é um dos quatro executivos norte-americanos que adquiriram a Roma em 2011 - os outros são Thomas DiBenedetto, Michael Ruane e Richard D'Amor -, além de ter participação minoritário do Boston Celtics. E o clube ainda precisa da aprovação da prefeitura para iniciar a construção de um novo estádio, inspirado no Coliseu.

COMENTÁRIOS dos leitores