City vence e fica perto da final da Copa da Liga Inglesa

Time de Manchester venceu por 2 x 1 e agora pode empatar no duelo de volta para avançar

ter, 09/01/2018 - 19:18

Soberano na temporada 2017/2018, o Manchester City encontrou no pequeno Bristol City um surpreendente e indigesto obstáculo nesta terça-feira. O time da segunda divisão nacional visitou os poderosos comandados de Pep Guardiola no Etihad Stadium, saiu em vantagem e arrancava um inesperado empate até os acréscimos do segundo tempo, quando Agüero deu a vitória por 2 a 1 para os anfitriões no jogo de ida da semifinal da Copa da Liga Inglesa.

Depois de protagonizar a grande zebra das quartas ao bater o Manchester United, o Bristol mostrou mais uma vez qualidade e segurou o adversário na maior parte do confronto. Mas Agüero, que entrou no segundo tempo, apareceu aos 46 minutos da etapa final para decidir, de cabeça.

Agora, o City pode empatar no duelo de volta, que acontecerá no dia 23, na casa do adversário, para avançar. Já o Bristol precisa de uma vitória por dois gols de diferença se quiser ficar com a vaga no tempo normal. Quem passar vai encarar o vencedor do duelo entre Chelsea e Arsenal, que fazem a primeira partida da outra semifinal nesta quarta.

Atuando em casa, o City começou querendo mostrar em campo sua superioridade e criou dois bons momentos antes dos dez minutos. Aos sete, De Bruyne recebeu sozinho, mas perdeu o controle da bola e permitiu a chegada do goleiro Fielding. Aos nove, Gündogan arriscou da entrada da área, mas errou o alvo.

O Bristol mostrou que não seria um visitante qualquer aos 15, quando Bryan puxou contra-ataque e arriscou cruzado, exigindo boa defesa de Claudio Bravo. Só que o City era amplamente superior e voltou a pressionar. Aos 35, Mangala recebeu de Gündogan e finalizou com muito perigo. Um minuto depois, o próprio Gündogan teve bom momento, mas jogou por cima.

O Bristol se defendia como podia e apostava nos contra-ataques. E em um erro da defesa adversária, abriu o placar aos 43 minutos. Mangala falhou na saída de bola, Brownhill fez ótima jogada e deu enfiada precisa para Reid. Stone tentou afastar no carrinho, mas não encontrou a bola e derrubou o atacante. Ele mesmo foi para a cobrança e abriu o placar.

A resposta do City foi imediata e quase fatal. Aos 45, Sterling tabelou com Bernardo Silva e apareceu de frente para o goleiro, que encobriu com um belo toque. A bola tomava a direção do gol, mas Flint aproveitou seus 2,03m de altura para se jogar e desviar para escanteio.

Mesmo com a vantagem, o Bristol adotou postura surpreendente na volta do intervalo e seguiu atacando o City, mas errou muito e permitiu que o adversário criasse oportunidades nos contra-ataques. Aos cinco, Sterling arrancou sozinho do meio de campo e finalizou em cima de Fielding.

Aos nove, saiu o empate. A defesa do Bristol deu bobeira no meio de campo, e desta vez foi De Bruyne quem ficou livre. O belga abriu na direita com Sterling e recebeu de volta no meio da área para fuzilar para a rede.

Só então o Bristol reduziu a empolgação e tratou de se fechar. O City ganhava campo e pressionava, mas parava na marcação do adversário. Aos 23, Sterling recebeu de De Bruyne e exigiu grande defesa de Fielding. Aos 42, De Bruyne perdeu boa chance após arrancar e bater cruzado, rente à trave.

O jogo parecia definido, mas a estrela de Agüero brilharia nos acréscimos. Aos 46, Bernardo Silva recebeu pela direita e cruzou na cabeça do argentino, que aproveitou saída errada de Fielding para selar o resultado.

COMENTÁRIOS dos leitores