Lançamento da LBF apresenta novidades para a edição 2018

Competição começa no dia 12 de janeiro. A UNINASSAU Basquete é a representante de Pernambuco

ter, 12/12/2017 - 14:17
Eduardo Cavalcanti/LeiaJáImagens O treinador Roberto Dornelas e a jogadora Carolina Ribeiro foram a comitiva da UNINASSAU Basquete, atual vice-campeã do torneio Eduardo Cavalcanti/LeiaJáImagens

Nove equipes em turno e returno para definir as oito classificadas para os playoffs. Essa é a fórmula da Liga de Basquete Feminino (LBF) 2018, lançada em um evento nesta terça-feira (12), na Caixa Cultural São Paulo. A festa contou com representantes de todos os times. O treinador Roberto Dornelas e a jogadora Carolina Ribeiro foram a comitiva da UNINASSAU Basquete, atual vice-campeã do torneio.

A representante de Pernambuco disputará o troféu contra Blumenau, Presidente Venceslau, Sampaio Basquete e Santo André/APABA, além das novatas Poty/BAX/Catanduva, Funvic/Ituano, São Bernardo/Instituto Brazolin/Unip e Vera Cruz/Campinas. A primeira rodada acontece no dia 12 de janeiro e a final deve ocorrer em 3 de junho. Algumas partidas serão transmitidas pela TV Gazeta e pela SporTV, e todas terão lives na internet, inclusive pelo LeiaJá.

Embed:

Para Roberto Dornelas o andamento da competição é o que vai definir o grau de dificuldade desta nova temporada. "Temos uma equipe bastante nova, e no decorrer das partidas vamos ver onde a gente pode chegar. A princípio, é chegar entre os quatro primeiros e, a partir daí, tentar pular mais um degrau. Vai ser uma LBF muito disputada pela qualidade das atletas", alerta o técnico pernambucano.

Novidades

O evento detalhou como se dará os playoffs do torneio. As quartas de final e as semis serão disputadas em três partidas. Já a final, será em uma melhor de cinco jogos. "Nunca vi um momento tão positivo para a Liga como esse. Não permitam que digam que o basquete feminino está em decadência ou acabando", disse o presidente da LBF, Ricardo Molina.

O dirigente ainda destacou o crescimento das equipes e a exportação de jogadoras que, segundo ele, foram mais de 60 no último ano. "O basquete feminino é forte e está crescendo, graças a todos vocês, às jogadoras, às equipes, às empresas que apoiam o basquete e estão nos recebendo muito bem", revelou.

Ano que vem o 'Jogo das Estrelas' acontece em abril. A partida será entre a seleção da LBF contra seleção de uma liga estrangeira. Segundo Molina, possivelmente a Argentina. Outra atração será o torneio de enterradas.

Tags:

COMENTÁRIOS dos leitores