Brasil fica a uma vitória do título da Copa dos Campeões

O time comandado pelo técnico Renan Dal Zotto venceu um duro duelo contra os Estados Unidos, pelo placar de 3 sets a 2, e está perto de mais um título

sab, 16/09/2017 - 08:30
Divulgação/FIVB Brasil a uma vitória do título Divulgação/FIVB

A seleção brasileira masculina de vôlei ficou muito perto de mais um título em sua história na madrugada deste sábado. O time comandado pelo técnico Renan Dal Zotto venceu um duro duelo contra os Estados Unidos, pelo placar de 3 sets a 2, com parciais de 28/26, 15/25, 25/20, 22/25 e 15/13, e está a uma vitória do troféu da Copa dos Campeões, disputada no Japão.

Ao vencer os Estados Unidos no Osaka Municipal Central Gymnasium, na cidade de Osaka, o Brasil obteve sua terceira vitória na competição - antes bateu França e Irã. Tem uma derrota, para a Itália. Com estes resultados, a seleção lidera a competição, ao lado dos italianos, ambos com nove pontos.

Por conta dos critérios de desempate, o Brasil garantirá o título na rodada final da Copa dos Campeões se vencer sua próxima partida por 3 a 0 ou 3 a 1. O duelo final será justamente contra o anfitrião Japão, lanterna do campeonato, às 6h15 da manhã deste domingo (horário de Brasília).

Neste sábado, Renan escalou a seleção com Bruno, Wallace, Maurício Souza, Lucão, Lucarelli, Maurício Borges e o líbero Thales. Durante o longo jogo, de 2h24min de duração, o treinador colocou em quadra Tiago Brendle, Isac, Renan e Raphael. O oposto Wallace foi o principal destaque brasileiro, com 22 pontos. Maurício Borges contribuiu com 18.

Com estas boas atuações, o Brasil fez um confronto equilibrado com o time norte-americano. Os Estados Unidos só abriram boa vantagem no segundo set, vencido por dez pontos de diferença. Nas demais parciais, o equilíbrio deu o tom, a começar pelo apertado placar do set inicial: 28/26. No quinto set, a partida acabou sendo decidida no desafio eletrônico, que confirmou o ponto decisivo brasileiro.

"O jogo foi decidido em alguns detalhes. O nosso time teve lucidez porque, no quarto set tivemos algumas oportunidades, poderíamos ter matado o jogo e não conseguimos. Mas, no quinto set voltamos e soubemos jogar com a cabeça no lugar e vencer um time tão forte como o deles", comentou o levantador Bruninho.

O técnico Renan celebrou a atitude dos jogadores no quinto set. Para o treinador, a ousadia no saque fez a diferença no resultado. "Ficamos felizes demais com o resultado, depois de um grande jogo que nos deu a sensação de que qualquer uma das duas seleções poderia ter vencido. Com exceção do segundo set, todos os outros foram decididos nos detalhes. Foi realmente um grande jogo. Tivemos a competência de, no tie-break, arriscar um pouco mais no saque e tivemos mais eficiência. O jogo foi decidido ali", afirmou.

COMENTÁRIOS dos leitores