Irritado, Ricciardo diz que Verstappen foi 'amador'

Australiano não gostou nem um pouco do acidente que o tirou da prova na Hungria

dom, 30/07/2017 - 16:42

O australiano Daniel Ricciardo não teve sorte neste domingo no GP da Hungria de Fórmula 1. Logo após a largada em Budapeste, ele levou um toque do companheiro de Red Bull, o holandês Max Verstappen, e abandonou a corrida por problemas no radiador do seu carro.

Verstappen foi punido com uma parada obrigatória de 10 segundos nos boxes e também levou uma dura de Ricciardo. "O mínimo que posso dizer é que ele foi amador. Não havia espaço para tentar ultrapassar. Acho que ele não gosta de ver um companheiro de equipe na frente dele. Mas ele tinha toda a corrida para reparar o erro. Não tinha que tentar ultrapassar ali. Não dava", comentou o australiano.

Ricciardo havia ultrapassado Verstappen na largada e saltado para a quinta colocação. O holandês tentou dar o troco na curva 2 e aconteceu o toque. Após cumprir a punição, Verstappen ficou atrás das Mercedes e sem poder de reação. Terminou a prova em quinto lugar.

Na entrevista após a corrida, ao ser questionado sobre o erro na ultrapassagem, Verstappen pediu desculpas a Ricciardo. "Claro que nunca é minha intenção bater em ninguém, especialmente em um companheiro de equipe, especialmente com a relação que tenho com o Daniel, que sempre foi muito boa", comentou.

"Acho que antes de a gente bater, a gente tinha tudo para fazer uma boa corrida juntos. Então isso não foi legal e preciso pedir desculpas ao Daniel e também para a equipe. Podíamos ter conseguido pontuar bem aqui. Vou conversar a sós com o Daniel e vamos resolver isso", emendou.

COMENTÁRIOS dos leitores