Gestores do Náutico firmam pacto pela paz em prol do clube

De acordo com o clube, o pacto vem para 'marcar um novo momento' do clube em meio a uma das maiores crises já enfrentadas

por Lara Tôrres qui, 29/06/2017 - 13:41
Reprodução/Site do Clube Náutico Capibaribe Em evento realizado no Memorial Alvirrubro, foi oficialmente reconhecida a futura gestão Reprodução/Site do Clube Náutico Capibaribe

Nesta quinta-feira (29) foi firmado o ‘Pacto pela Paz Alvirrubra’, um acordo entre Executivo, o Conselho Deliberativo e os futuros gestores do Clube Náutico Capibaribe, no Memorial Alvirrubro. De acordo com informações divulgadas pelo Náutico, o pacto tem por objetivo “marcar um novo momento e sentimento que paira em todos aqueles que amam e se dedicam ao Alvirrubro: de união” diante do momento de crise que o clube atravessa. 

No acordo, a diretoria executiva reconheceu oficialmente a equipe de gestão composta por Edno Melo e o seu vice-presidente Diógenes Braga, que assumirá o comando do clube no ano de 2018, com o objetivo de “atuar de imediato, em formato de cogestão, em áreas estratégicas do clube no intuito de facilitar o processo de transição”. 

De acordo com o presidente Executivo, Ivan Brondi, Edno Melo assumirá a vice-presidência administrativa e financeira do clube a partir desta quinta-feira (29), enquanto Diógenes Braga integrará a Diretoria de Futebol.

“Eu que vivi várias épocas dentro do clube, sei que o Náutico sempre teve oposição, mas que os lados sempre trabalharam quase que unidos. Agora, nós estamos quebrando esse quase, queremos que as opiniões divergentes venham para dentro do Executivo para trabalhar. O Náutico é um só. A gente não pode deixar que brigas internas venham atrapalhar a vivência de um clube de mais de 100 anos”, afirmou Brondi.

Edno Melo afirma que o acordo é o primeiro passo para que o Náutico volte a crescer e diz que vai contribuir com o que for necessário para esse objetivo. “Celebramos uma união verdadeira, uma união de propósito, de ideias. Acredito que a paz no Náutico foi iniciada. A gestão do presidente Ivan Brondi segue até o fim do ano, mas já vamos nos inteirando dos problemas para auxiliar na busca de soluções. Queremos contribuir com a gestão, somar, com o foco único de ajudar a tirar o clube dessa crise”, disse Edno.

LeiaJá Também

--> Sócios não pagam para assistir Náutico x CRB na Arena

--> Náutico confirma mudança de seus jogos para Olinda

--> Náutico retalia Arena por 'benefícios' concedidos ao Santa

COMENTÁRIOS dos leitores