Brasil celebra evolução na Liga Mundial

Já classificado à fase final da Liga Mundial, que acontecerá em Curitiba, por ser o país-sede, o Brasil usa estes estágios da competição para se adaptar à filosofia de Renan

sab, 17/06/2017 - 09:32

Derrotado pela Bulgária no domingo passado, na casa do adversário, o Brasil devolveu o resultado diante do mesmo rival pela Liga Mundial. Desta vez na Argentina, em Córdoba, a seleção de Renan Dal Zotto venceu por 3 sets a 0 na sexta-feira e mostrou evolução em relação ao duelo da semana passada.

"Nós erramos muito menos do que no último jogo e esse era o nosso propósito inicial. A pressão no saque foi muito importante, o bloqueio conseguiu funcionar muito mais e isso facilitou em certos momentos da partida. Foram pontos que não foram bem no jogo passado e que conseguimos arrumar para hoje", avaliou o ponteiro Lucarelli.

O jogador foi responsável por 10 pontos na sexta e ficou atrás de Wallace, que voltou à seleção em grande estilo e terminou com 15. Outro destaque da equipe ficou por conta do líbero Thales, que atuou ao longo de toda a partida, encerrando o revezamento com Thiago Brendle e saindo na frente na briga pela posição.

"Estou criando meu espaço na seleção, sou novo aqui e, neste momento, devemos pensar no nosso time, independentemente de quem esteja do outro lado. O mais importante agora é fazer o nosso melhor, estar cada vez mais aperfeiçoando o nosso jogo para chegar ainda melhor na fase final", comentou.

Já classificado à fase final da Liga Mundial, que acontecerá em Curitiba, por ser o país-sede, o Brasil usa estes estágios da competição para se adaptar à filosofia de Renan. Em meio à terceira fase do torneio, a seleção é a terceira colocada na classificação geral, com 16 pontos, três atrás da França e um atrás da Sérvia, que passou pela Argentina na sexta por 3 a 2 (25/22, 19/25, 25/22, 28/30 e 15/12). Neste sábado, a equipe volta à quadra para encarar justamente os argentinos, às 19h10 (de Brasília).

COMENTÁRIOS dos leitores