Estrutura esportiva em escolas é deficitária

Em apenas 27% das cidades brasileiras as escolas têm campo de futebol, ginásio, piscina ou pista de atletismo

qua, 24/05/2017 - 12:10

As escolas públicas municipais do País não têm estrutura adequada para a prática de esportes, aponta o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em apenas 27% das cidades brasileiras as escolas têm campo de futebol, ginásio, piscina ou pista de atletismo. No ano em que o Brasil sediou o mais importante evento esportivo mundial, a Olimpíada, havia apenas 43 pistas de atletismo em escolas públicas e 265 piscinas. Ao todo, o País tem 4.190 instalações esportivas em 3.971 escolas municipais.

Nas escolas estaduais, que recebem principalmente alunos do ensino médio, há 2.017 instalações esportivas em 1.217 escolas - 60% dessas instituições estão concentradas em Santa Catarina, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Ceará e Paraná. Rondônia, Amapá, Pernambuco e Mato Grosso do Sul não têm nenhuma escola administrada pelo Estado com quadras, ginásios ou campos de futebol. Os dados fazem parte do Suplemento Esporte do Perfil dos Estados e Municípios Brasileiros 2016, divulgado pelo IBGE.

A prática esportiva é considerada fundamental por especialistas para o desenvolvimento integral dos estudantes. Favorece, inclusive a concentração, capacidade de organização, e de realizar trabalho em grupo. Dados do Censo Escolar 2015, divulgado em agosto passado, já haviam mostrado que não havia instalações esportivas em 65,5% das escolas de educação básica e em 60,7% das instituições de ensino fundamental.

O levantamento do IBGE revelou que houve aumento no número de municípios que realizaram eventos esportivos. O crescimento foi de 93,6% das cidades, em 2003, para 97,8%, em 2016. No entanto, a proporção de eventos paralímpicos foi ínfima. Apenas 6,4% dos municípios fizeram jogos escolares com modalidades paralímpicas. Eventos de lazer e campeonatos com esportes de rendimento (prática profissional) paralímpicos ocorreram em 8% das cidades.

As administrações estaduais são proprietárias de 1.027 instalações esportivas em todo o País. São 349 quadras (34%), 268 ginásios (26%), e 180 campos de futebol (17,5%), entre outras instalações. Somente Santa Catarina declarou não ter nenhuma instalação esportiva. Entre as prefeituras 96,4% declararam ter instalações esportivas.

De acordo com o levantamento, todos os Estados e 97,7% dos municípios tinham secretaria ou órgão responsável por coordenar a política de esporte e lazer. Nos Estados, apenas cinco órgãos eram coordenados por mulheres. Nos municípios, as gestoras representavam 31% do total. Apenas 11,4% dos 5.442 municípios com órgão gestor declararam política para contratação de ex-atletas. Essa proporção é menor do que a encontrada em 2003, quando 14,5% das cidades tinham programa para aproveitamento desses profissionais.

COMENTÁRIOS dos leitores