Renato Gaúcho: 'Perdemos para a arbitragem'

Grêmio perdeu de virada para o Deportes Iquique por 2 a 1 em jogo válido pela Libertadores

qui, 04/05/2017 - 08:50

O técnico Renato Gaúcho culpou o árbitro argentino Germán Delfino pela primeira derrota do Grêmio nesta edição da Copa Libertadores. Na noite desta quarta, o time gaúcho foi batido, de virada, pelo Deportes Iquique por 2 a 1. Para o treinador do time brasileiro, o juiz foi determinante no lance dos dois gols da equipe chilena, em Calama.

O primeiro gol dos anfitriões surgiu em cobrança de pênalti, duvidoso, em dividida de Dávila, que tentou cabecear em dividida na qual Ramiro entrou com pé muito alto. O árbitro assinalou a penalidade. No segundo gol, Renato Gaúcho disse não ter visto falta de Pedro Rocha que originou cobrança certeira de Torres.

"Não gosto de falar de arbitragem, sempre falo isso. Mas a gente trabalha a semana toda, se prepara, faz um gol fora de casa e perde por dois erros fatais da arbitragem. No pênalti, não houve. No segundo, não houve a falta do Pedro", criticou o treinador. "Hoje temos que falar mais da arbitragem do que aconteceu dentro do campo."

Renato Gaúcho evitou comentar a atuação gremista, abaixo da média nesta Libertadores. "A minha equipe não esteve numa grande noite, mas foi muito bem. Não vou falar do que a equipe fez de certo ou errado. Mas hoje vou falar só da arbitragem. A gente não perdeu na malandragem, nós perdemos para a arbitragem", reclamou.

Com a derrota, o Grêmio perdeu a chance de sacramentar já nesta rodada do Grupo 8 a vaga nas oitavas de final. O time gaúcho se classificava com antecedência mesmo em caso de empate. Com o revés, terá que empatar na rodada final, contra o Zamora, no dia 25, na Arena Grêmio.

COMENTÁRIOS dos leitores