Sport vence Santa Cruz por 2x0 e se aproxima da final

Leão venceu este primeiro Clássico das Multidões do Nordestão com gols de Neto Baiano e Felipe Azevedo

por Clauber Santana qui, 13/03/2014 - 00:15

Não foi um placar tão elástico como no jogo da semana passada, mas o Sport voltou a vencer o Santa Cruz, na noite desta quarta-feira (12), na Ilha do Retiro. E é isso que importa, porque desta vez foi pela semifinal da Copa do Nordeste. O placar de 2x0 foi construído com gols de Neto Baiano e Felipe Azevedo, que deixou os rubro-negros em vantagem na semifinal. Assim como aconteceu contra o CSA-AL, o Leão pode perder por um tento e caso faça um fora de casa, obriga o adversário a fazer três.



Não foi um massacre, pelo contrário, o Santa Cruz foi uma equipe resistente. Até foi melhor em parte da etapa inicial, mas voltou a repetir os erros defensivos e tomou o gol de Neto Baiano aos 21 minutos. O segundo saiu no primeiro minuto do segundo tempo em falha de Tiago Cardoso na cabeçada de Felipe Azevedo. E o Tricolor não conseguiu reagir, mesmo tendo mais posse de bola.



Copa do Nordeste para os dois times, agora, apenas na próxima quarta-feira (19), às 22h, no Arruda, no confronto de volta. Antes, no final de semana, o Santa Cruz recebe o Porto, na Arena Pernambuco, sábado (15), às 19h30. Enquanto o Sport, no domingo, vai à Salgueiro pegar o Carcará, às 16h.



Com poucas chances de gol, Neto Baiano deixa o Sport na frente

Como iriam entrar Santa Cruz e Sport no primeiro jogo da semifinal? Essa era a pergunta feita por todos antes da partida. A dúvida que pairava era se as duas equipes teriam a mesma postura da última partida. Quando a bola rolou, o cenário foi clareando e mostrava o segundo duelo diferente do primeiro. O Tricolor marcando de forma mais segura, enquanto o Leão acompanhava de forma passiva.



O duelo teve um primeiro tempo aberto, com as duas equipes buscando o ataque. Mas, oportunidades claras de gol foram poucas. Na primeira, o Sport abriu o placar. Danilo cobrou escanteio, Durval cabeceou para a pequena área e Neto Baiano desviou para o fundo das redes. Um gol para acalmar os rubro-negros aos 21 minutos.



Atrás no placar, o Santa Cruz demorou em voltar a se encontrar. Carlos Alberto, que estava sendo participativo, logo cansou e desapareceu na marcação individual de Ewerton Páscoa. Assim, os corais não conseguiram criar uma boa chance de empatar.



Falha de Tiago Cardoso frustra planos corais

Nem bem havia começado a segunda etapa e o Leão ampliou numa falha incrível de Tiago Cardoso. Depois de bola levantada na área, Felipe Azevedo cabeceou fraco, a bola quicou e o goleiro coral aceitou: 2x0. Um gol inesperado que apagou tudo o que Vica pediu no intervalo para a sua equipe e deixou o futebol rubro-negro mais leve devido à vantagem.



Com o time perdido em campo, o comandante tricolor tirou Sandro Manoel e colocou Raul para ficar mais ofensivo. No mesmo momento, Eduardo Baptista sacou Aílton e pôs Wendel para ganhar na marcação. O Sport recuou e passou a jogar apenas nos contra-ataques. Já o Santa Cruz seguiu com mais posse de bola, porém, com pouca criatividade para furar o bloqueio rubro-negro. Sem poder de reação, o placar seguiu inalterado.



Ficha do jogo



Sport 2

Magrão; Patric, Ferron, Durval e Danilo; Ewerton Páscoa (Bileu), Rodrigo Mancha, Aílton (Wendel), Ananias (Sandrinho) e Felipe Azevedo; Neto Baiano. Técnico: Eduardo Baptista



Santa Cruz 0

Tiago Cardoso; Oziel, Everton Sena, Renan Fonseca e Nininho; Sandro Manoel (Raul), Luciano Sorriso, Renatinho (Jefferson Maranhão) e Carlos Alberto; Flávio Caça-Rato e Léo Gamalho. Técnico: Vica



Local: Ilha do Retiro

Árbitro: Gilberto Castro Júnior (PE)

Assistentes: Elan Vieira e Clóvis Amaral (Ambos de PE)

Gols: Neto Baiano (aos 21 do 1ºT) e Felipe Azevedo (ao um do 2ºT)

Cartões amarelos: Ananias, Danilo e Ewerton Páscoa (Sport); Luciano Sorriso e Flávio Caça-Rato (Santa Cruz)

Público: 11.398

Renda: R$ 199.665,00

COMENTÁRIOS dos leitores