Sem altitude, Muricy cobra vitória sobre The Strongest

| qua, 18/04/2012 - 20:28
Compartilhar:

 

O Santos enfrentará na quinta-feira o único time que o venceu nesta fase de grupos da Copa Libertadores. A partida contra o The Strongest, logo na estreia, ainda em fevereiro, contou com um adversário extra: a altitude de 3.660 metros de La Paz. Desta vez, porém, o time santista jogará ao nível do mar, na Vila Belmiro.

Sem o obstáculo natural, Muricy Ramalho espera uma atuação superior em relação ao duelo do início do ano. "Com certeza, estaremos bem melhores, até porque não teremos o problema da altitude, que é realmente complicadíssimo. Eles virão fechadinhos, como jogaram no último jogo, no Peru. Mas o Santos é bem diferente do que jogou em La Paz. Esperamos que o resultado seja diferente", cobrou.

Na avaliação do treinador, o time abusou das chances desperdiçadas na Bolívia e acabou sofrendo a derrota mesmo quando jogava melhor. "Lá em La Paz, a gente criou demais, mesmo sofrendo com a altitude. Nosso time teve várias oportunidades, assim como eles. Foi um jogo equilibrado, onde eles aproveitaram a chance que tiveram e decidiram. Foi injusto para nós".

Em relação ao time, Muricy confirmou a improvisação de Henrique na lateral-direita, na vaga do machucado Fucile, e o retorno de Adriano ao meio-campo. "O Henrique atuando pela direita é parecido com o Fucile. São dois jogadores que marcam mais e não atacam tanto, porque a gente libera o Juan para jogar pela esquerda. E também ganhamos na pegada do meio-campo com o Adriano, que é muito bom na bola curta, algo muito importante em Libertadores".

Em busca da primeira colocação do Grupo 1 da Libertadores, o Santos jogará escalado com: Rafael; Henrique, Edu Dracena, Durval e Juan; Adriano, Arouca, Elano e Ganso; Borges e Neymar.

| | | Link:
Compartilhar: