Reunião da NBA dura 16 horas, mas termina sem acordo

Agência Estadopor Agência Estado qua, 19/10/2011 - 07:40

Os jogadores e os proprietários de equipes da NBA encerraram no início da madrugada desta quarta-feira uma longa reunião de 16 horas para tentar encerrar a paralisação da liga norte-americana de basquete. O encontro contou com a presença de um mediador federal, mas não houve um acordo entre as partes.

Ficou definido, porém, que as negociações serão retomadas ainda nesta quarta-feira. A sessão de terça-feira foi o mais longo encontro para negociações desde que os proprietários das equipes da NBA impuseram a paralisação, quando o acordo coletivo de trabalho anterior expirou no dia 30 de junho.

As partes deixaram a reunião sem fazer comentários, a pedido do mediador federal George Cohen. Na terça-feira, foram completados 110 dias da paralisação. David Stern, comissário da NBA, cancelou as duas primeiras semanas da temporada 2011/2012, num total de 100 jogos. Foi o principal cancelamento de partidas da NBA desde a temporada 1998/1999, que foi reduzida a 50 jogos por equipe.

As diferenças que persistem são grandes, já que não há acordo em relação ao porcentual do faturamento que deve ser repassado aos jogadores. Outro ponto conflitante é o desejo dos proprietários de mudarem o sistema de teto salarial da NBA. Assim, a temporada 2011/2012 segue ameaçada.

COMENTÁRIOS dos leitores