O Especial

| ter, 03/04/2012 - 01:16
Compartilhar:

 

Época de muitos significados, a Semana Santa faz parte não só da religiosidade, mas da cultura do nosso povo. Com sua origem em celebrações de fertilidade e colheita realizada desde tempos imemoriais, a celebração da páscoa atravessou a história e foi assumida por diferentes povos em diferentes épocas, sendo até hoje uma data fundamental no calendário de países cristãos como o Brasil.

Durante a Semana Santa, os acontecimentos mais marcantes da história de Jesus Cristo são lembradas, com toda a sua simbologia. Duas expressões culturais destacam-se nesse período, marcadamente no Brasil e, especificamente no Nordeste: a culinária e as encenações da Paixão de Cristo. A entrada de Cristo em Jerusalém, o sermão no Monte das Oliveiras, a tentação de Cristo no deserto, a traição de Judas Iscariotes, a prisão, crucificação e morte de Jesus, e sua ressurreição, são algumas das passagens lembradas em inúmeras peças teatrais montadas em várias cidades, na grande maioria das vezes graças à dedicação da população.

A mesa também carrega uma simbologia fundamental durante a celebração da páscoa. Primeiro porque a data marca o fim da quaresma, período de jejuns e privações, de acordo com o calendário cristão. Também porque os alimentos carregam um forte significado na semana santa: representam o corpo do cristo, seu sangue; simbolizam a última ceia de Jesus com seus apóstolos e também celebram sua ressurreição, no domingo de páscoa.

O LeiaJá mergulhou nas manifestações populares que caracterizam a Semana Santa em Pernambuco, conheceu algumas das mais tradicionais encenações da Paixão de Cristo realizadas no Estado e buscou conhecer o cardápio típico do período. Você pode também conferir dicas de como escolher bem os ingredientes para a ceia e aprender a preparar receitas deliciosas para reunir a família e celebrar a Páscoa.

| | | Link:
Compartilhar:
Tags:

Leia as Mais!

+ LIDAS
Carregando