No Abril pro Rock, Pussy Riot lembra morte de Marielle

Russas questionaram a morte da ex-vereadora e contaram com a presença de sua viúva, Mônica Benício

por Paula Brasileiro sab, 20/04/2019 - 13:15
Reprodução/Instagram Monica com Nadya Tolokonnikova, líder das Pussy Riot Reprodução/Instagram

Na última sexta (19), o Abril pro Rock promoveu um momento inédito na história do festival. Em uma noite com atrações exclusivamente femininas, o evento recebeu a apresentação da banda russa Pussy Riot, vindo pela primeira vez ao país. Conhecidas pelo ativismo político, elas receberam Mônica Benício, viúva da ex-vereadora Marielle Franco, e questionaram sobre sua morte no palco.

Vestidas com uma camiseta com a pergunta "Who Killed Marielle Franco" (Quem matou Marielle Franco), as integrantes do Pussy Riot convidaram Mônica Benício para compartilhar uma fala durante seu show. Também com camiseta que perguntava sobre a morte de sua ex-companheira, Mônica disse: "Eles combinaram de nos matar, mas nós combinamos de não morrer". Ela também gritou o nome de Marielle ao que o público respondeu em coro: "Justiça".

Após o show, Nadya Tolokonnikova, líder das Pussy Riot, falou sobre a presença de Mônica no show delas, no Recife e elogiou sua postura: "Monica é mais que maravilhosa. Como alguém não ia querer ser ativista quando você tem a chance de estar perto de pessoas como ela?".

 

 

COMENTÁRIOS dos leitores