Novo curta da Pixar mostra ambiente corporativo tóxico

Na animação, Purl é um novelo de lã cor de rosa que precisa se moldar aos padrões masculinos do ambiente de trabalho

seg, 15/04/2019 - 18:17
Reprodução/YouTube Reprodução/YouTube

O novo curta-metragem de animação da Pixar apresenta a personagem Purl, um novelo de lã que inicia seu primeiro dia de trabalho com muita simpatia, competência e interesse. Porém, logo ela percebe como o mundo corporativo pode ser difícil para um profissional do sexo feminino. Como funcionária da fictícia B.R.O, Purl cria estratégias para ser vista, ouvida e respeitada em um ambiente majoritariamente masculino.

Produzido por Gillian Libbert-Duncan, o curta exemplifica de forma metafórica e ao mesmo tempo lúdica a experiência da mulher no mercado de trabalho. O estranhamento ao que foge do padrão fica evidenciado pelo fato de ela ser um novelo de lã cor de rosa em meio a vários seres humanos – todos eles brancos – vestidos de terno. Para ser aceita, Purl literalmente se molda ao único padrão aceito, que são eles mesmos. Então ela passa a se vestir de terno, falar a linguagem deles e até muda a forma de seu ‘’corpo’’ para melhor se encaixar, mas é graças a uma nova colega que chega ao mesmo ambiente que Purl recupera sua essência.

O curta está disponível no canal da Pixar no Youtube:

Embed:

COMENTÁRIOS dos leitores