Rihanna proíbe Trump de usar suas músicas em comícios

Cantora seguiu a mesma atitude de astros como Pharrell Williams, Adele, Steven Tyler e Neil Young

qua, 07/11/2018 - 16:28
Reprodução/Facebook Rihanna proíbe Trump de usar suas músicas Reprodução/Facebook

Pharrell Williams, Adele, Steven Tyler e Neil Young proibiram o uso de suas canções em comícios do presidente dos Estados Unidos. Agora, foi a vez de Rihanna notificar Donald Trump.

A cantora afirmou que o líder americano usou de modo "não consentido" a música Please Dont's Stop the Music. Ela ressaltou que não se posiciona a favor das políticas do parlamentar e pediu que seus advogados escrevessem uma declaração e enviassem aos responsáveis pelo evento.

Se isso voltar a acontecer, Rihanna deve entrar com um processo por uso indevido de propriedade intelectual. Ela retuitou um post de um repórter do Washington Post que relatava que a música embalava um comício do republicano no Tennessee. No perfil oficial no Twitter, Rihanna disse:"Não por muito tempo. Eu e minha galera jamais iríamos a um evento trágico desses".

 

Clique aqui

COMENTÁRIOS dos leitores