Pela primeira vez, Oscar Pornô premia mulher por direção

Ela concorreu com uma outra mulher, Mayara Medeiros, pela primeira vez na história da premiação

por Paula Brasileiro qua, 10/10/2018 - 14:20
Reprodução/Instagram Mila Spook Mila fez história sendo a primeira mulher a vencer na categoria Reprodução/Instagram Mila Spook

A quinta edição do Prêmio Sexy Hot, considerado o Oscar da indústria do cinema pornográfico brasileiro, teve um marco na história da premiação. Pela primeira vez, uma mulher conquistou o troféu na categoria de melhor direção. Mila Spook levou a estatueta pelo filme [Des] Conectados e ainda ganhou outro prêmio, dentre os principais da noite, de Melhor Filme Hétero.

Ao subir ao palco para receber o prêmio, a diretora falou da importância do momento: "É muito importante para mim, também como atriz, estar ganhando esse prêmio, para mostrar que nós somos capazes disso e que esse estereótipo de que a gente escolheu esse meio porque não teve outra opção - isso é muito errado". Além dela, uma outra diretora disputou a categoria, Mayara Medeiros. Ao final de seu discurso, ela decretou: "A gente é capaz sim, e somos foda".

Além de sair vencedora como a melhor diretora desta edição, Mila Spook também levou o troféu em outra categoria considerada uma das mais importantes da premiação, a de Melhor Filme Hétero. Ela bateu os concorrentes também com [Des] Conectados.

COMENTÁRIOS dos leitores