Projeto oferece aulas de gastronomia a comunidades

Atividade gratuita atende moradores de três bairros da periferia de Belém com oficinas e palestras ministradas por professores e chefs renomados

ter, 05/06/2018 - 09:12
Divulgação Chef Ângela Sicília vai ministrar oficinas em comunidades da periferia de Belém Divulgação

Belém é conhecida mundialmente como cidade gastronômica, dos aromas e sabores. Na capital, além de unir cultura e aprendizados que passam de geração em geração, a gastronomia fomenta o empreendedorismo. Esse é um dos objetivos do Projeto Gastronomia do Amanhã, realizado pela segunda vez em Belém, de 4 a 10 de junho.

 Os chefs Fábio e Ângela Sicília, professores do curso de Gastronomia da Universidade da Amazônia (Unama), capacitarão 90 moradores do Sideral, Tapanã e Cabanagem, recrutados pelas associações de bairros. “Avalio o Gastronomia do Amanhã como uma iniciativa de grande valor para fortalecer cada vez mais nossa gastronomia. A inclusão social é peça fundamental no crescimento da geração de renda”, diz a chef Ângela Sicília.

O projeto tem patrocínio do Banco da Amazônia, via Lei Tó Teixeira, e apoio da Unama. “Falo aos meus alunos que a missão de compartilhar conhecimento sobre alimentos é muito grande e necessária, pois não podemos nos eximir desta necessidade. Precisamos que todos conheçam mais as técnicas e as oportunidades de trabalhar. O projeto traz esse empoderamento e faz com que as pessoas busquem e vejam mais”, afirma a coordenadora do curso de Gastronomia da Unama, Andrea Pinto.

O Gastronomia do Amanhã busca disseminar o movimento da Gastronomia Social por meio da realização de programas de capacitação com o apoio de uma rede formada pelo poder público, com as leis de incentivo à cultura, do mercado gastronômico e de investidores sociais. “Conhecimento é tudo. Quando nos reunimos para falar de alimentos, muitas ideias surgem, pois o mundo dos alimentos ainda é muito complexo e escasso de informações. Precisamos de projetos assim para tornar tudo mais claro e prático”, diz Andrea Pinto.

 Serão três semanas de capacitação, com aulas e palestras sobre empreendedorismo; desenvolvimento de ficha técnica para alimentos, técnicas de cozinha; segurança alimentar; noções de marketing e feira gastronômica com apresentação musical. O será compartilhado com o público em uma Feira Gastronômica com a venda de tudo o que foi criado durante as aulas.

 “É possível sim unir a gastronomia e o empreendedorismo, eles andam juntos. Muitas dessas pessoas têm um saber nato que é delas e isso deve ser contemplado e desenvolvido”, destaca Ângela.

 Serviço

Projeto Gastronomia do Amanhã

De 4 a 10 de junho, no Centro comunitário do Conjunto Xingu, localizado na quadra 17, nº 79, bairro Sideral.

De 11 a 17 de junho, na associação dos moradores Viver Primavera, localizada na rua do Ranário, nº 79, no Tapanã.

Já no período de 18 a 24 de junho, a programação ocorrerá na rua dos Comerciários, nº 453, no Coqueiro.

Da assessoria do evento.

 

COMENTÁRIOS dos leitores