Morreu o escritor Tom Wolfe, pai do 'Novo Jornalismo'

Desde a década de 1960, o escritor de rosto eternamente juvenil famoso por seus impecáveis trajes inovou ao usar técnicas de romance em seus artigos jornalísticos

ter, 15/05/2018 - 12:50
Theo Wargo (2014) O jornalista Tom Wolfe Theo Wargo

O escritor e jornalista americano Tom Wolfe, pai do "novo jornalismo" e autor do célebre romance "A fogueira das vaidades", morreu em Nova York, nesta terça-feira (15), aos 87 anos - informou a imprensa americana.

Desde a década de 1960, o escritor de rosto eternamente juvenil famoso por seus impecáveis trajes inovou ao usar técnicas de romance em seus artigos jornalísticos, contribuindo para criar a corrente conhecida como "Novo Jornalismo".

COMENTÁRIOS dos leitores