Giovanna Antonelli minimiza ausência de negros em novela

"Acho que a graça da profissão é a gente fazer o que a gente não é", afirmou a atriz

ter, 15/05/2018 - 17:05
Divulgação/RedeGlobo Marcada por polêmicas, a novela Segundo Sol estreou na última segunda-feira (14) Divulgação/RedeGlobo

 Marcada por polêmicas, a novela Segundo Sol estreou na última segunda-feira (14). O folhetim, ambientado na Bahia, é criticado pela ausência de atores e atrizes negros. O caso ganhou bastante repercussão e o Ministério Público do Trabalho chegou a enviar recomendações à emissora para que haja ajustes no elenco.

Protagonista da trama global, Giovanna Antonelli, durante entrevista à Rede Tv, minimizou as críticas e alegou que há problema o elenco ser, majoritariamente, branco. "Acho que a graça da profissão é a gente fazer o que a gente não é. Hoje, ali, vivendo na Bahia, fazendo um personagem baiano, todos os que estão participando se sentiram tão baianos quanto um baiano e os admirando profundamente', disse a atriz.

Na ocasião, Giovanna relembrou de um outro caso, na novela Sol Nascente, que também foi alvo de desaprovação por uma parte do público. "O Luís Mello, que não é japonês, e ficou um barato, fez uma composição, não só da caracterização que fizeram nele, mas ele como ator teve uma dimensão de ir para um lugar que jamais imaginou", comentou.

LeiaJá também

--> Artistas negros que poderiam protagonizar 'Segundo Sol'

--> 'Segundo Sol' estreia com erro grosseiro e vira piada 

COMENTÁRIOS dos leitores