SP: Dia da Dança tem programação especial

A cidade realiza, durante o mês, apresentações nos teatros municipais e centros culturais com danças como flamenco, afro, contemporâneo, urbano e sapateado e exposição fotográfica

por Beatriz Gouvêa qui, 19/04/2018 - 16:58

A Prefeitura de São Paulo comemora o Dia Internacional da Dança, no dia 29 de abril, com a segunda edição do Abril para Dança, com uma programação nos teatros municipais e centros culturais com danças como flamenco, afro, contemporâneo, urbano e sapateado. A entrada é gratuita.

Além disso, a programação conta com a presença de variadas companhias do Brasil, apresentações nas ruas da cidade, conhecidas como flash mobs e a exposição fotográfica “Tango”, do argentino Carlos Furman. Entre as companhias estão o Balé Teatro Guaíra (PR), Cia. de Dança Carlinhos de Jesus (RJ), Corpo de Dança do Teatro Amazonas (AM), Cia. Giradança (RN), Mimulus Cia. de Dança (MG) e Balé da Cidade de São Paulo.

“Este festival, criado ano passado, faz parte da política desta gestão de estímulo à dança, linguagem que vem recebendo atenção especial. Este ano, o foco do festival está nos grupos de dança de outros Estados, o que oferece um painel do que está sendo feito em várias regiões do Brasil, aumentando as chances das pessoas conhecerem importantes companhias nacionais”, explica o secretário de Cultura, André Sturm. 

Veja aqui a programação completa:

EXPOSIÇÃO

TANGO 

Carlos Furman (Argentina)

Em parceria com o Consulado Geral da República Argentina em São Paulo, a exposição “Tango”, do artista Carlos Furman, exibe fotografias captadas entre 2003 e 2008 nos salões de baile e campeonatos em Buenos Aires.

- Centro Cultural Olido

Avenida São João, 473 

Próximo das estações República, Anhangabaú e São Bento do metrô

Tel. 3331-8399 e 3397-0171

Visitação: Até 5/5

Terça a domingo, das 10h ás 20h

Grátis. Livre

ESPETÁCULOS

Kuarup ou a Questão do Índio

Ballet Stagium (São Paulo - SP)

O espetáculo estreou em 1977, em um dos períodos mais obscuros da história política do Brasil. A obra é considerada um marco da dança por apontar uma política cultural para o país, rompendo amarras e limites entre arte, educação e consciência histórica. A coreografia circulou por todo o território nacional, América Latina e Europa e aborda questões indígenas que retrocederam ainda mais nos dias de hoje. 

- Centro Cultural Olido

Avenida São João, 473

Próximo das estações República, Anhangabaú e São Bento do metrô

Tel. 3331-8399 e 3397-0171

De 19 a 22/4. Quinta a Sab., 20h. Dom., 19h. 60 min. Livre. Grátis (retirar 1h antes).



Alguns Outros

Cia. Giradança (Natal - RN)

Em "Alguns Outros”, os bailarinos da Cia. Giradança experimentam como o corpo pode ser utilizado não só como um produto social e econômico de ideais e normas, no qual seu manuseio é considerado um produto ou imagens ideais e, portanto, uma maximização da eficiência. Mas, em sua singularidade e individualidade, apreciando a humanidade, paixão, leveza, poesia e amor.

- Centro Cultural Olido. Av. São João, 473. Próximo das estações República, Anhangabaú e São Bento do metrô

Tel. 3331-8399 e 3397-0171. 

Dias 27, 28 e 29/4. Sexta e Sab., 20h. Dom., 19h. 60 min. Livre. Grátis (retirar 1h antes).



B.r.U.s (ESTREIA)

Christiane Matallo e Jim Hamilton (Campinas - SP e EUA)

Espetáculo com sapateado americano, dança, percussão, saxofone e muita ação. Christiane Matallo e Jim Hamilton desenvolveram uma apresentação na qual o corpo, por meio do movimento, gera o som. Em cena, vê-se um jogo de quem toca e quem dança, em uma ponte da linguagem do tap dance americano com ritmos brasileiros, interpretados por artistas de culturas de países distintos, mas que estão em sintonia.

- Teatro Alfredo Mesquita

Avenida Santos Dumont, 1.770, Santana 

Tel. 2221-3657. Dias 27, 28 e 29/4. Sexta e Sab., 21h. Dom., 19h. 60 min. Livre. Grátis (retirar 1h antes).



Aquarelas

Cia. de Dança Carlinhos de Jesus (Rio de Janeiro - RJ)

O espetáculo apresenta o renomado dançarino Carlinhos de Jesus e nove bailarinos de sua companhia que, com figurinos e adereços próprios, mostram as danças populares brasileiras e, ao final, uma coreografia especial de “Aquarela do Brasil”, com demonstrações de mestre-sala, porta-bandeira e passistas, faz referência ao Carnaval carioca.

- Teatro Arthur Azevedo. Av. Paes de Barros, 955, Mooca, Zona Leste | tel. 2604-5558. Dias 27, 28 e 29/4. Sexta e Sab., 21h. Dom., 19h. 60 min. Livre. Grátis (retirar 1h antes).



Arquitetura do Corpo

Corpo de Dança do Teatro Amazonas (Amazonas - AM)

O grupo foi criado em 1998 pelo Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado da Cultura, para compor os corpos artísticos do Teatro Amazonas. A companhia mantém uma programação que abrange os múltiplos aspectos da dança contemporânea brasileira. O espetáculo é um questionamento sensível sobre o corpo, a identidade, a morfologia, o volume, a cor e a roupa que veste ou despe este todo. 

- Teatro João Caetano

Rua Borges Lagoa, 650, Vila Clementino

Próximo da estação Santa Cruz do metrô

Tel. 5573-3774 e 5549-1744

Dias 27, 28 e 29/4. Sexta e Sab., 21h. Dom., 19h. 60 min. 16 anos. Grátis (retirar 1h antes).

Carmen

Balé Teatro Guaíra (Curitiba - PR)

A obra “Carmen”, baseada no conto de Prosper Mérimée, trata de passionalidade, ciúme e morte em um triângulo amoroso, envolvendo a protagonista, uma cigana sedutora, o toureiro Escamillo e o cabo de polícia Dom José. Este espetáculo tem coreografia assinada por Luís Fernando Bongiovanni, criada a partir da dramaturgia da ópera homônima e da trilha composta por Rodion Shchedrin e Georges Bizet.

- Teatro Paulo Eiró

Avenida Adolfo Pinheiro, 765, Santo Amaro

Tel. 5546-0446 e 5686-8440

Dias 27, 28 e 29/4. Sexta e Sab., 21h. Dom., 19h. 60 min. Livre. Grátis (retirar 1h antes).



Puro em la Mezcla

Ale Kalaf Cia. de Dança Flamenca e convidados (São Paulo, Espanha, Argentina, Paraguai e Chile)

Puro tablado flamenco! Como se mescla? A resposta a isso é: flamenco é o corpo reagindo ao som, que dá voz aos afetos, aos assuntos que emocionam e aos lugares poéticos onde qualquer ser humano se sente representado. O espetáculo, pela primeira vez, traz convidados internacionais. Brasil, Espanha, Argentina, Paraguai e Chile fazem uma mescla dançante, graças à parceria com o evento Feira Flamenca Brasil.

- Centro Cultural da Vila Formosa - Teatro Zanoni Ferrite

Avenida Renata, 163, Vila Formosa

Tel. 2216-1520. Dias 27, 28 e 29/4. Sexta e Sab., 21h. Dom., 19h. 60 min. Livre. Grátis (retirar 1h antes).



Guarde-me

Marcia Milhazes Cia de Dança (Rio de Janeiro - RJ)

Um novo registro coreográfico inspirado a partir de cartas de amor, que mergulha no campo emocional de um casal. Juntos, sem linha divisória, os dois propõem que o mundo real se confunda com o dos sentidos. Neste espetáculo, Marcia Milhazes retoma ao tema sobre paisagens solitárias, no qual o realismo de suas histórias capta a essência interior de cada um. 

- Teatro Cacilda Becker

- Rua Tito, 295, Lapa

Tel. 3864-4513

Dias 27, 28 e 29/4. Sexta e Sab., 21h. Dom., 19h. 60 min. Livre. Grátis (retirar 1h antes).



Subterrâneo 

Gumboot Dance Brasil (São Paulo - SP)

O novo espetáculo do grupo busca representar o imaginário dos mineradores em seus momentos de descanso. Instantes em que praticavam as danças de suas tribos, focando na alegria e vibração. Uma dança que fala sobre pessoas que trabalham em situações precárias atrás de uma riqueza que não é sua; sobre pessoas invisíveis aos olhos da sociedade, mas que são essenciais para a existência de alguns sistemas. 

- Teatro Flávio Império

Rua Prof. Alves Pedroso, 600, Cangaíba

Tel. 2621-2719

Dias 27, 28 e 29/4. Sexta e Sab., 21h. Dom., 19h. 60 min. Livre. Grátis (retirar 1h antes).



Plano Sequência / Take 2

Jorge Garcia Cia. de Dança (São Paulo - SP)

Continuidade do processo de pesquisa iniciado em 2015 com “Take a Deep Breath”. Intersecção entre ato, performance, espetáculo e filme. Ao manipular uma câmera cinematográfica como gatilho disparador, percebe-se as forças coreográficas que regem a execução de um plano, que na linguagem do cinema corresponde ao intervalo de tempo em que um quadro –uma imagem, em última instância– permanece sendo captado.

- Teatro Décio de Almeida Prado

Rua Cojuba, 45, Itaim Bibi

Tel. 3079-3438. Dias 27, 28 e 29/4. Sexta e Sab., 21h. Dom., 19h. 60 min. Livre. Grátis (retirar 1h antes).



Pretérito Imperfeito

Mimulus Cia. de Dança (Belo Horizonte – MG)

Tempo verbal utilizado para a descrição de fatos passados não concluídos inteiramente (“imperfeitos”). Se o que nunca vamos esquecer se faz presente em nós, o passado não chegou perfeitamente ao seu final. Pois somos feitos pelas memórias, pelos pretéritos não concluídos, pelas lembranças que, como janelas, se abrem, iluminam e modificam a realidade. O espetáculo se constrói sobre recordações e vestígios. 

- Centro Cultural da Penha - Teatro Martins Penna

Largo do Rosário, 20, Penha

Próximo do Shopping Penha. Zona Leste

Tel. 2295-0401

Dias 27, 28 e 29/4. Sexta e Sab., 21h. Dom., 19h. 60 min. Livre. Grátis (retirar 1h antes).



Ocupação Cia. Druw – Corpo, Cor e Forma

Cia Druw (São Paulo - SP)

A coreógrafa Miriam Druwe se inspirou nas cores e formas que compõem uma obra de arte para estimular os participantes na criação de movimentos expressivos, conduzidos a deslocamentos pelos espaços do Centro Cultural de Santo Amaro, pela improvisação e composição. Como regentes de orquestras, os bailarinos são os condutores e estimulam o público na criação desta “obra de arte em movimento”.

- Centro Cultural de Santo Amaro - Teatro Leopoldo Fróes

Rua Antonio Bandeira 114. Zona Sul

Tel. 5541 7057

Dias 27, 28 e 29/4. Sexta e Sab., 21h. Dom., 19h. 120 min. Livre. Grátis (retirar 1h antes).



Um jeito de corpo – Balé da Cidade dança Caetano

Balé da Cidade São Paulo (São Paulo - SP)

Inspirado na vida e obra de Caetano Veloso, o mais novo espetáculo do Balé da Cidade tem coreografia de Morena Nascimento e direção musical do historiador e músico Cacá Machado. A apresentação celebra a trajetória artística do cantor e compositor baiano e, apesar de não ser autobiográfica, permite identificar nuances da Tropicália, da Bossa Nova e do período em que Caetano permaneceu exilado. 

- Auditório do Ibirapuera

Avenida Pedro Álvares Cabral, s/nº, Parque Ibirapuera (portão 3)

Tel. 3629-1075

Dias 28 e 29/4. Sab., 21h. Dom., 19h. 60 min. 16 anos. Grátis (retirar 1h30 antes). 



SUÍTE I ATO DOM QUIXOTE

“Dom Quixote” estreou em 1869, no Teatro Bolshoi, pelo Ballet Imperial, com coreografia de Marius Petipa e Alexander Gorsky. A Cia. Paulista de Dança apresenta o 1º ato desse balé clássico, que conta a história da jovem Kitri, apaixonada por Basílio, mas forçada pelo pai a aceitar o pedido de casamento de um nobre. Com a chegada de Dom Quixote e Sancho Pança à vila, o desfecho do romance toma novos rumos.

- Em frente ao Theatro Municipal de São Paulo

Praça Ramos de Azevedo, s/nº

Dia 28/4, 12h30. Grátis. 30 min. Livre. 



Flash Mobs

Experimentos Concretos 

Ale Kalaf Cia. de Dança Flamenca (São Paulo - SP)

A companhia vai até as ruas de São Paulo com seu tablado flamenco para mostrar a tradicional dança espanhola em um contexto urbano atual. Nessa intervenção, os típicos trajes andaluzes dão lugar a roupas e acessórios comuns do dia a dia, em uma dança em que o público serve de cenário para a experiência artística. 

- Avenida Paulista. Dia 23, 12h30

- Viaduto do Chá. Dia 24, 12h30

60 min. Livre. 



Dança por Correio - Entrega Especial

Zumb.boys (São Paulo - SP)

O grupo fez um convite a 30 dançarinos de diversos grupos de dança de São Paulo para realizarem entregas de cartas e danças nesta intervenção artística que circula por todo o Estado. A intenção é intervir nos fluxos cotidianos, modificando o trajeto das pessoas nas ruas, avenidas e espaços públicos, diluindo a arte no cotidiano e comunicando-se com os transeuntes, viajantes de sua própria cidade. 

- Avenida Paulista. Dia 25, 12h30

- Avenida Faria Lima. Dia 26, 12h30

60 min. Livre. 



Residência Artística

CORPO EM RISCO

Rubens Oliveira (São Paulo - SP)

O projeto tem como proposta desenvolver uma ação que promova experiência corporal em dança a partir de reflexões sobre narrativas do cotidiano. O espetáculo conta com 60 pessoas sem experiência profissional, com idades entre 15 e 60 anos. Cada participante traz suas histórias. O coreógrafo e bailarino Rubens Oliveira assina o espetáculo, cuja primeira edição foi em 2017, em parceria com a RedBull Station.

- Centro de Dança Humberto da Silva, Salas de Ensaio - Centro Cultural Olido

Avenida São João, 473

Próximo das estações República, Anhangabaú e São Bento do metrô. Centro.| tel. 3331-8399 e 3397-0171

Ensaios: de 15 a 19/4, 21h. 

- Apresentações: Viaduto do Chá, dia 20/4. Praça da Sé, dia 21/4. Largo da Batata, dia 27/4. Avenida Paulista, dia 28/4. 

- Sempre às 12h30. Livre. 



Tablado de Dança

Diversos professores de dança se revezarão neste tablado que promete não deixar ninguém parado. Zumba, fit dance, samba rock, forró e ritmos latinos animarão o público que circula pelo centro de São Paulo, podendo experimentar a dança de salão em meio à cidade.

- Boulevard São João (esquina com Largo do Paissandu)

Dia 28/4, das 10h às 15h

COMENTÁRIOS dos leitores