Noite marcada por muita aflição no MasterChef Brasil

Cozinheira prejudica colegas na prova de eliminação

qua, 11/04/2018 - 18:14
Reprodução/Twitter/@MasterChefBR Rita sugere três nomes para não participarem da prova Reprodução/Twitter/@MasterChefBR

No programa desta terça-feira, os cozinheiros enfrentaram a maior prova da história do MasterChef Brasil e serviram 300 convidados. Mas o maior momento de tensão foi na prova de eliminação, a psicóloga Angélica, discordou da decisão do próprio grupo e tirou o direito de três companheiros serem salvos da prova.

Divido em duas equipes, azul e vermelho, depois de servir 300 convidados, e o cardápio ser o clássico prato nordestino baião de dois, a equipe vermelha venceu a equipe azul, onde foi para a prova de eliminação. A equipe Azul tinha o poder de escolher três cozinheiros de seu grupo para não participar da eliminação, a líder do grupo Rita, sugeriu os nomes de Aristeu, Thiago e Evandro. Mas na hora que foram questionados por Ana Paula Padrão, a psicóloga Angélica não gostou da decisão “Eu prefiro que todos façam a prova” onde gerou desconforto geral.

Depois de todos participarem da prova de Eliminação, preparando um prato com o rei dos mares, o atum, eles ainda tiveram tempos diferentes, definidos por Ana Luiza, líder da equipe vermelha. Por fim, a eliminada da semana foi Andressa, que prometeu servir ceviche (prato da culinária peruana), mas entregou um atum mal cortado e não retirou a parte com sangue do peixe (parte amarga e escura).

 

*por Tayná Barros

COMENTÁRIOS dos leitores