SP promove programação em homenagem às mulheres

Os eventos são gratuitos ou com preços acessíveis e contam com exposições artísticas, rodas de conversas, batalhas de poesias e clube do livro

por Caroline Nunes qui, 08/03/2018 - 15:53
Divulgação: "Quebrada D'Oxum" Divulgação: "Quebrada D'Oxum" - Di Monique Novaes

Confira a programação cultural de São Paulo em homenagem ao Dia Internacional da Mulher:

Mirante 9 de julho

Projeto Pele

Nesta quinta-feira, entra em cartaz o projeto “Pele”, da artista Di Monique Novaes.

Além do couro que reveste o corpo, “Pele” refere-se a pelar. A artista convida o público a queimar, despelar, despir. O projeto começou retratando mulheres nuas, com intuito de fomentar o amor próprio, o autoconhecimento e o empoderamento a partir da aceitação de quem somos. É um projeto colaborativo. O processo de criação nasce a partir de uma fotografia e a modelo colabora com a indicação de elementos, cores e símbolos do mundo de cada um. A artista mescla o nu com o Surrealismo, estilo que marca suas obras.

Serviço

“Projeto Pele” – por Di Monique Novaes

Entrada gratuita.

A partir de 08 de março, às 18h30.

Local: Mirante 9 de julho.

Rua Carlos Comenale, s/n. São Paulo – SP.

https://mirante.art.br/.

Di Monique Novaes (https://www.facebook.com/dimoniquearte/).

Museu da Imigração

Durante todos os finais de semana de março, às 11h, as visitas guiadas pelos educadores do Museu da Imigração abordarão a presença das mulheres na história da migração para o estado de São Paulo.

Para participar dessas atividades, é necessário se inscrever pelo e-mail inscricao@museudaimigracao.org.br.

Poesia no Concreto

O Núcleo Educativo realiza, em 11 de março, a atividade “Poesia no Concreto”. Nela, o público poderá questionar como as mulheres migrantes são representadas pelas mídias e quais notícias gostariam de ler sobre elas. 

Para participar dessas atividades, é necessário se inscrever pelo e-mail inscricao@museudaimigracao.org.br.

Serviço

R$ 10,00 | Grátis aos sábados.

Funcionamento: terça a sábado, (fechado às segundas), das 9h às 17h, e domingos, das 10h às 17h.

www.museudaimigracao.org.br.

Local: Museu da Imigração.

Rua Visconde de Parnaíba, 1316 São Paulo-SP.

Metrô Bresser-Mooca (900m).

(11) 2692-1866.

Casa das Rosas

Ciranda das Mulheres

A Casa das Rosas realiza, até 24 de abril, a oficina “Ciranda das Mulheres”, sempre às terças-feiras, às 14h.

Sarau das Pretas

Mulheres negras atuantes no cenário cultural periférico de São Paulo se reúnem no dia 17 de março, às 19h, para o Sarau das Pretas.

Slam das Minas

No dia 15 de abril, às 14h30, acontece o Slam das Minas (SP). Completando seu terceiro ano na Casa das Rosas, o Slam propõe uma batalha de poesia entre escritoras e slammers, com o objetivo de garantir uma vaga feminina para a competição em nível nacional, o Slam BR.

Serviço

Entrada gratuita.

Funcionamento: terça a sábado, (fechado às segundas) das 10h às 22h | domingos e feriados, das 10h às 18h.

www.casadasrosas.org.br.

Local: Casa das Rosas.

Av. Paulista, 37, Bela Vista – São Paulo-SP

Estação Brigadeiro do Metrô (850m)

(11) 3285-6986 | (11) 3288-9447

Pinacoteca

Exposição “Hilma af Klint”

A partir de 3 de março, a Pinacoteca abre sua primeira exposição do calendário de 2018 com “Hilma af Klint: Mundos Possíveis”, uma mostra individual da pintora sueca Hilma af Klint, que inclui 130 obras, com destaque para a série intitulada “As dez maiores”. Realizada em 1907, é considerada hoje uma das primeiras e maiores obras de arte abstrata no mundo ocidental.

Materna em Canto

No dia 10 de março, o museu recebe o “Materna em canto”, a partir das 11h, na Pina Luz (átrio – 2º andar). Fundado por Isadora Canto, esse é o primeiro e mais antigo grupo vocal composto por mães que cantam juntas transformando histórias da maternidade e celebração das dores e delícias de ser mulher em apresentação musical.

Serviço

R$ 6,00 | Grátis aos sábados

Funcionamento: quarta a segunda (fechado às terças) das 10h às 17h30 (com permanência até às 18h00).

www.pinacoteca.org.br.

Local: Pinacoteca do Estado de São Paulo.

Praça da Luz, 02 – Luz, São Paulo – SP.

(11) 3324-1000.

MIS – Museu da Imagem e do Som

Mostra Viola Davis

No dia 8 de março, às 18h00 e às 20h30, o MIS realiza uma mostra gratuita de filmes da premiada atriz norte-americana Viola Davis. O evento é gratuito, mas será preciso necessário retirar ingressos na bilheteria com uma hora de antecedência na recepção.

Serviço

Entrada gratuita às terças-feiras. Aos sábados, acesso grátis às exposições do térreo e do acervo – consulte os valores dos ingressos das exposições e eventos.

Funcionamento: terça a sábado, (fechado às segundas) das 10h00 às 21h00 | domingos e feriados, das 9h às 19h.

www.mis-sp.org.br.

Local: Museu da Imagem e do Som – MIS-SP.

Av. Europa, 158 – Jardim Europa – São Paulo-SP.

(11) 2117-4777.

Oficina Cultural Oswald de Andrade

Teatro – “Quarto 19”

9 de março, às 20h.

10 de março, às 18h.

“Quarto 19”, peça inspirada no conto homônimo da escritora britânica Doris Lessing, fala sobre a liberdade das mulheres na sociedade patriarcal. 

Teatro – “V.U.L.V.A.”

28 de março, às 20h

O espetáculo V.U.L.V.A investiga o lugar simbólico que a vulva ocupa em nossa sociedade e se perguntar: Qual é o significado da negação de algo concreto e biológico como a vulva? Que conhecimentos podemos obter dela? Por que os nomes usados para denominá-la geralmente são infantis e quase sempre colocados no diminutivo? Por que sempre esse movimento de diminuição? 

Teatro – “6 gritos para o infinito”

28 a 30 de março, às 20h.

31 de março, às 18h.

“6 gritos para o infinito” é uma coreografia composta por seis histórias, contadas por seis mulheres e tem como objetivo extrapolar os discursos e experiências de repressão ao experimentar um corpo cheio de potência, de resistência e de criação, expressando a busca da mulher pelo prazer e por seus sonhos. 

Teatro – “Latinas”

30 e 31 de março, às 17h.

O espetáculo “Latinas” apresenta personagens múltiplas que questionam o modelo do papel social da mulher latino-americana em São Paulo. 

Serviço 

Entrada gratuita – é necessário retirar o ingresso com uma hora de antecedência.

Funcionamento: Segunda a sexta, das 9h00 às 22h00, e aos sábados, das 10h00 às 18h00

www.oficinasculturais.org.br. 

Local: Oficina Cultural Oswald de Andrade.

Rua Três Rios, 363 – Bom Retiro, São Paulo – SP

(11) 3222-2662 | 3221-4704

3221-5558 | 3222-9574 | 3222-4683

oswalddeandrade@oficinasculturais.org.br. 

Sala São Paulo 

OSESP 

10 de março

A Temporada Osesp 2018 – Natureza dos Sons abre oficialmente de 8 a 10 março, com a Osesp comandada por sua diretora musical e regente titular Marin Alsop, apresentando a Sinfonia nº 7 de Mahler, a primeira peça que Marin regeu com a Orquestra, ainda como convidada, em 2011. 

Serviço 

Sala São Paulo: 1.340 lugares.

Sala do Coro: 150 lugares.

Recomendação etária: 7 anos.

www.osesp.art.br. 

Local: Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo (OSESP) – Sala São Paulo.

Praça Júlio Prestes, 16, São Paulo – SP.

Bilheteria: (11) 3223-3966.

Ingresso Rápido: (11) 4003-1212.

www.ingressorapido.com.br. 

Memorial da Resistência 

Sábado Resistente 

10 de março, às 14h.

O Memorial da Resistência realiza um encontro entre militantes feministas de diferentes gerações para debater as mudanças nas lutas das mulheres ao longo dos anos, tanto nas demandas quanto nas formas de ação, além das melhores estratégias para a conquista de direitos das mulheres.

Na ocasião, será exibido o documentário de curta-metragem “Nossa voz resiste!”, que traz a história de três mulheres brasileiras: uma comunicadora que denuncia a violência policial em sua comunidade, uma jornalista independente e uma militante que luta pela liberdade de expressão. 

Serviço 

Entrada gratuita.

Funcionamento: de quarta a segunda (fechados às terças-feiras), das 10h00 às 17h30, com permanência até 18h00.

www.memorialdaresistenciasp.org.br.

Local: Memorial da Resistência.

Largo General Osório, 66 – Santa Ifigênia, São Paulo – SP.

(11) 3335-4990. 

Biblioteca de São Paulo

Bate-papo Literário 

10 de março, das 14h às 17h.

Baseada na antologia intitulada "Fantásticas", os autores Walter Tierno, Giulia Moon, Bruno Melo, Dany Fernandez, Josy Santos entre outros, conversam sobre o protagonismo feminino na literatura e no cinema. 

Clube da Leitura 

29 de março, às 15h.

O Clube da Leitura deste mês debate o livro “Os Contos da Aia”, de Margaret Atwood, um romance distópico situado num futuro próximo, no qual uma sociedade fundamentalista cristã subjuga e explora mulheres, tirando delas seu individualismo e independência. 

Serviço 

Entrada gratuita.

Funcionamento: de terça-feira a domingo e feriados, das 9h30 às 18h30.

www.bsp.org.br. 

Local: Biblioteca de São Paulo.

Av. Cruzeiro do Sul, 2.630, São Paulo – SP.

Estação Carandiru do Metrô – Linha Azul.

Telefone: (11) 2089-0800 | (11) 3335-4990. 

Casa Guilherme de Almeida 

A mulher no cinema 

10 de março, às 15h.

17 e 18 de março, das 14h às 18h.

A Casa Guilherme de Almeida realiza duas atividades que falam sobre o papel da mulher no cinema: no dia 10 de março, às 15h, acontece a palestra “Mulheres na Tela”; já nos dias 17 e 18 de março, das 14h às 18h, a Casa realiza o curso “Olhar e resistência: A presença da mulher no cinema brasileiro”. As atividades são gratuitas, mas é necessário se inscrever pela internet.

Serviço 

Entrada gratuita.

Funcionamento: de terça a domingo, das 10h às 18h.

www.casaguilhermedealmeida.org.br.

Local: Casa Guilherme de Almeida.

Anexo: Rua Cardoso de Almeida, 1.943.

Museu: Rua Macapá, 187 – Perdizes – São Paulo.

(11) 3673-1883 / 3672-1391. 

Museu Afro Brasil

10,17 e 31 de março, às 14h. 

O Museu Afro Brasil realiza uma mediação com foco na presença das mulheres negras em seu acervo. Neste percurso, os visitantes serão direcionados a perceber a importância e a contribuição histórica e estética de mulheres artistas, escritoras, líderes religiosas, entre outras personagens fundamentais da história brasileira. 

Serviço: 

R$ 6,00 | Grátis aos sábados.

Funcionamento: terça a domingo, (fechado às segundas), das 10h às 17h (permanência até às 18h).

Estacionamento pelo portão 3 (Zona Azul).

www.museuafrobrasil.org.br.

Local: Museu Afro Brasil.

Av. Pedro Álvares Cabral, s/nº – Pavilhão Manoel da Nóbrega – Parque do Ibirapuera, portão 10 – São Paulo-SP.

(11) 3320-8900. 

Museu da Casa Brasileira 

Música no MCB

13 e 18 de março, às 11h.

O Museu da Casa Brasileira recebe a Orquestra Pinheiros com o show “Sophisticated Ladies”. A apresentação será no dia 11 de março, às 11h00, com entrada gratuita. No dia 18 de março, é a vez a Jazzmin’s Big Band, formada por 17 mulheres de diversas gerações com repertório voltado à música popular sem fronteiras.

Serviço

R$ 10,00 | Grátis aos sábados, domingos e feriados.

Funcionamento: terça a domingo, (fechado às segundas) das 10h às 18h.

www.mcb.org.br. 

Local: Museu da Casa Brasileira.

Av. Brigadeiro Faria Lima, 2705 – Jardim Paulistano – São Paulo-SP.

CPTM Cidade Jardim (850m).

(11) 3032-3727. 

Museu Felícia Leirner

 “A história da mulher contada através da moda e das décadas” 

17 e 24 de março, às 10h30.

18 e 25 de março, às 15h30.

O Museu Felícia Leirner apresenta a história da mulher, a evolução da moda, da cultura e das conquistas femininas ao longo das décadas. Imagens, curiosidades, diálogos e sensibilizações serão utilizados para que todos possam mergulhar nesse universo.

Serviço

R$10,00 (inteira) e R$5,00 (meia estudante e idoso) – gratuita aos domingos.

Cidadãos jordanenses não pagam mediante apresentação de comprovante de residência.

Funcionamento: terça a domingo, (fechado às segundas) das 9h às 18h.

www.museufelicialeirner.org.br.

Local: Museu Felícia Leirner.

Av. Dr. Luis Arrobas Martins, 1.880 – Campos do Jordão/SP.

(12) 3662-6000.

Museu Catavento

Exposição “Marie Curie” 

18 de março.

O Museu Catavento recebe a exposição “Marie Curie 1867-1934”, que traz os feitos da cientista que foi a primeira mulher a receber o Prêmio Nobel e única a ser condecorada duas vezes – Nobel de Física, em 1903 e de Química, em 1911. 

Serviço

R$ 10,00 | Grátis aos Sábados.

Funcionamento: terça a domingo, (fechado às segundas), das 9h às 17h (Bilheteria fecha às 16h).

www.cataventocultural.org.br.

Local: Catavento Cultural e Educacional.

Palácio das Indústrias – Praça Cívica Ulisses Guimarães, s/no (Av. Mercúrio), Parque Dom Pedro II, Centro – São Paulo/SP.

(11) 3315-0051. 

Biblioteca Parque Villa-Lobos

Clube da Leitura 

23 de março, às 15h.

O Clube da Leitura deste mês debate o livro “Mrs. Dalloway”, um dos romances mais famosos de Virginia Woolf, que fala sobre os conflitos internos de Clarissa Dalloway, uma socialite ficcional que vive na Inglaterra pós-Primeira Guerra Mundial. 

Sarau na BVL

24 de março, das 12h às 17h.

A BVL recebe o Sarau do MISC – Manancial de Interligação de Projetos Sociais e Culturais. Desde setembro de 2012, quando nasceu o projeto, já se apresentaram mais de mil grupos e artistas periféricos em vários pontos e comunidade de São Paulo. Esta edição presta homenagem ao Dia Internacional da Mulher e terá a participação do músico Thera Blue, da Cia. Ballet Dança & Ritmo, entre outros convidados.

Slam das Minas

31 de março, das 14h30 às 16h.

Em homenagem ao Dia Internacional da Mulher e ao Dia da Poesia, a BVL recebe o Slam das Minas – SP, uma batalha de poetas destinada ao gênero feminino. O evento inicia com o microfone aberto e em seguida as poetas se enfrentam em três rodadas eliminatórias. Regras: somente textos autorais de até três minutos, sem objeto cênico, figurino e acompanhamento musical. O júri é escolhido na hora.

Serviço

Entrada gratuita

Funcionamento: de terça a domingo e feriados, 9h30 às 18h30.

www.bvl.org.br.

Local: Biblioteca Parque Villa-Lobos.

Av. Queiroz Filho, 1205, Alto de Pinheiros, São Paulo – SP.

(11) 3024-2500.

COMENTÁRIOS dos leitores