Psica Festival anuncia som pesado e brega na mesma noite

Mistura terá rock, brega, bolero e muitos estilos alternativos. Evento será no hotel Goldmar, em Belém, nesta quinta-feira (12).

qua, 11/10/2017 - 08:59

Nesta quinta-feira (12), o Psica Festival vai mostrar a capacidade que tem de criar um line up inusitado. Se você acha impossível juntar grindcore, bolero, rock e brega na mesma noite, preparae-se: as bandas estão dispostas a arrebentar nos dois palcos do Goldmar Sunset. Os shows já entregam as intenções: Facada (CE), Water Rats (SP) e Fruto Sensual (PA) são algumas das apostas, além de entrada gratuita até às 16 horas, comidinhas, bazar e muita cerveja gelada.

Escracho, música pesada e ritmos regionais serão a tônica do dia 12. Water Rats (SP), formada em 2012, já percorreu um caminho invejável para muitas bandas emergentes. Com dois álbuns lançados, "Ugly By Nature" (2014) e "Hellway to High" (2016), a banda já fez shows por todo o Brasil, além de turnê pelos EUA e pela Europa, onde se apresentou no festival espanhol Primavera Sound. O quarteto formado por Alexandre Capile, Pedro Grips, Bi Free e Renê Bernuncia faz um garage punk sólido, com letras em inglês e vocais agressivos.

Facada (CE) é mais um dos convidados da noite. A banda cearense surgiu em 2003, e já tocou em diversos festivais. James (baixo/vocais), Danyel (guitarras), Dangelo (bateria) e Ari (guitarra/overseas) fazem um grindcore simples, rápido e pesado. O quarteto não promete hypes ou mesmo alegria, mas tem um som intenso e furioso.

Ainda na pegada do som de peso, os piauienses da Obtus vêm fazer um show digno de quem manda pressão nos palcos há mais de 20 anos. A banda faz um som pesado na linha do punk/hardcore, com letras em português falando sobre coisas do dia a dia e temas de crítica social. Muita distorção nas guitarras, bateria veloz e caótica é o que o público pode esperar do clássico hardcore brasileiro.

O time local é capitaneado pela famosa banda paraense de brega Fruto Sensual (PA). Com 21 anos de estrada, a banda dispensa apresentações, e promete fazer todo mundo cantar junto os maiores sucessos do brega marcante como “Príncipe Negro”, “Itamaraty” e “Está no Ar”. O gingado paraense segue representado pela banda Guitarrada das Manas. O duo criado em 2017 pelas multi-instrumentistas Renata Beckmann e Beatriz Santos é o primeiro grupo do gênero formado exclusivamente por mulheres, que faz uma apresentação melodicamente explosiva e com muito suingue.

A prata da casa, porém, não se resume aos ritmos regionais. Turbo marca presença mais uma vez com suas guitarras nervosas, e o quinteto instrumental Projeto Secreto Macacos traz um rock experimental cheio de sintetizadores. Jack Nilson (ex-integrante da banda Stereoscope) apresenta seu primeiro disco solo, “Os Boleros Malditos e Outras Maldições”. The Baudelaires traz para o Festival o seu power pop amazônico, e Pnk Sabbth completa o time com um som eletrônico megaperformático.

O power trio paraense Netos do Velho já tem sete anos de estrada e toca um trash/crosover, com letras que falam de violência urbana, filmes de terror e bebedeira. A banda Sisa vem pro Psica completar o time com um grindcore reto, pesado e sem moleza.

A história dessa misturada toda não é novidade. O Psica é o antigo Mongoloid Festival, que teve quatro edições e mudou de nome para escapar do termo ofensivo para várias pessoas. Já juntou Nelsinho Rodrigues com Leandro Porcko (vocal do Baixo Calão) gritando bregas marcantes no clima do hardcore e não podia continuar com um nome excludente. O Mongoloid virou Psica Festival e continua a tradição de surpreender o público. Pelos palcos do Festival já passaram nomes como Félix Robatto (PA), Odair José, Dead Elvis (HO), Figueroas(AL), Mukeka di Rato(ES), Conjunto de Música Jovem Merda(ES), Lucas Estrela (PA), Baixo Calão (PA), Delinquentes(PA), The Mullet Monster Mafia (SP), Ovos Presley (PR), O Lendário Chucrobillyman (PR) e muitos outros.

Além da programação, o Psica mantém também o mesmo formato de financiamento, na tentativa de manter ingressos a um preço acessível, e cumprir o objetivo de movimentar um público cada vez maior. O sistema de crowdfunding, definanciamento coletivo, não é nenhuma novidade, mas a organização do evento incrementa o formato contando com um grupo de mecenas que levanta os valores para arcar com os custos mínimos. Esse ano, o Psica Festival tem uma carta de patrocínio aprovada na Lei Semear e procura captação.

A entrada no evento é gratuita das 13 às 16 horas, e depois os ingressos passam a custar R$ 20,00. O evento é para maiores de 18 anos.

Serviço

O Psica Festival será no dia 12 de outubro, a partir das 13 horas no Sunset Goldmar, (Rua Prof. Nelson Ribeiro, 132).

SHOWS: Facada (CE), Water Rats (SP), Turbo, Guitarrada das Manas, Projeto Secreto Macacos, Obtus (PI), Fruto Sensual, Sisa, Jack Nilson, Pnk Sabbth, The Baudelaires e Netos do Velho.  Djs Bambatha Brrother e Igor Alves.

Da assessoria do evento.



COMENTÁRIOS dos leitores