Série faz gravações sem autorização no Congresso Nacional

A equipe de '1 Contra Todos', produção da Fox, se passou por turistas e usou apenas um iPhone para conseguir imagens no local

por Ana Tereza Moraes sab, 09/09/2017 - 12:34
Reprodução/Fox 'A gente teve que adentrar aqueles portões lá de um jeito brasileiro', disse Julio Andrade Reprodução/Fox

A série brasileira ‘1 Contra Todos’, do canal Fox, teve certa dificuldade para conseguir gravas cenas da sua segunda temporada, que estreia na próxima segunda (11). A produção precisava de imagens dentro do Congresso Nacional, pois o personagem principal, vivido por Júlio Andrade, encontra um novo propósito na política depois de passar anos na cadeia injustamente. O problema? A autorização para a captação dessas imagens não foi concedida. Com isso, a equipe teve que ser criativa para conseguir o que precisva.

“Foi cinema de guerrilha. A gente teve que adentrar aqueles portões lá de um jeito brasileiro”, disse Júlio Andrade em entrevista ao UOL. Como na época da gravação o ator não era conhecido pelo seu papel em ‘Sob Pressão’, série que está no ar pela Globo, o diretor Breno Silveira teve a ideia de entrar no local apenas com um iPhone na mão, se passando por turistas em Brasília, e tentar fazer as filmagens sem que percebessem que se tratava de uma equipe de TV.

Tudo estava indo bem e algumas imagens foram feitas, com direito a acesso ao Plenário vazio, até que o ator principal foi reconhecido por um repórter pelo seu papel no filme ‘Gonzaga – De Pai Para Filho’. “Falei ‘ferrou’. Teve que sair cada um para um lado, fugindo da segurança. E foi assim que a gente filmou as cenas que vocês vão ver nos episódios”, comentou Breno.

COMENTÁRIOS dos leitores