Jovem acusa banda de forró de homofobia e agressão em show

Vídeos que circulam nas redes sociais mostram o momento em que a vítima é convidada para subir ao palco e é agredida pelo vocalista e integrantes do grupo

por Eduarda Esteves ter, 01/08/2017 - 15:06

No interior do Ceará, um jovem prestou queixa contra a banda "Forró de Qualidade" por homofobia e agressão durante show realizado em Morada Nova. Vídeos que circulam nas redes sociais mostram o momento em que a vítima é convidada para subir ao palco e é agredida pelo vocalista e integrantes do grupo. Caso aconteceu na última terça-feira (25). 

Em um trecho do vídeo, os dois cantores chamam a vítima de “viado”, após um deles investir contra o rapaz, segurando a cintura dele para reproduzir movimentos de cunho sexual. “O viado é paia, pode descer. Dá para mim não, é fraco. Sai, sai, sai. Sai, viado, é fraco, fraco demais", continua. “É fraco", complementa o outro vocalista pelo microfone.

Em outras imagens editadas por um internauta, a vítima aparece em luta corporal com supostos seguranças do show, enquanto o vocalista afirma: "tu tem é que dançar, viado". Outro grito: "oh baitola desbocado, dá uma vaia para ele aí".

No dia seguinte ao show, o jovem registrou queixa contra a banda por homofobia e agressão, de acordo com o delegado de Morada Nova, Luciano Berreto. A equipe da unidade está investigando o caso. A vítima, que preferiu manter o nome em segredo, também já foi encaminhada para fazer o exame corpo de delito.

Em uma nota publicada no perfil oficial da banda, o grupo afirmou que admitia os erros, mas que pessoas estão querendo se aproveitar do fato para prejudicar a carreira dos cantores. "Não estou aqui querendo encobrir o erro. Não estou aqui dizendo que sou a favor. Muito pelo contrário, tenho amigos gays e me dou super bem com eles”.

A postagem foi excluída e a rede social da banda também foi deletada do Facebook. A assessoria jurídica do grupo informou que a nota não era oficial e já prepara uma resposta.

COMENTÁRIOS dos leitores