Mulher Maravilha bate recorde de filmes de super-heróis

O filme tem a melhor sustentação de bilheteria depois do seu lançamento desde o Homem-Aranha, de 2002

por Ana Tereza Moraes sex, 14/07/2017 - 11:22
Divulgação O filme continua quebrando recordes de bilheteria Divulgação

O filme da Mulher Maravilha está superando todas as expectativas e batendo mais um recorde: o longa é agora o filme com a melhor bilheteria de super-heróis desde o lançamento do primeiro  Homem-Aranha, em 2002. A produção estreou ganhando US$ 100 milhões em seu primeiro fim de semana nos Estados Unidos e, de lá pra cá, manteve um bom ritmo de arrecadação e já faturou US$ 371 milhões em território americano até o momento.

Segundo o The Hollywood Reporter, o recorde que o filme da super-heroina quebrou foi o de melhor estabilidade de bilheteria após seu lançamento. No mercado do cinema, há um medidor para isso, chamado de multiplier, que calcula a capacidade de um longa de permanecer nas salas de cinema arrecadando boas quantias mesmo muito tempo após seu lançamento.

A média do faturamento de filmes desse gênero é de 2,5 a 3 vezes mais que a sua bilheteria de estreia. Por exemplo: se um título estreia arrecadando US$ 100 milhões, é esperado que ele termine seu período de exibição faturando em torno de US$ 250 milhoes e US$ 300 milhões. Mulher-Maravilha, no entanto, está indo além do esperado e já está com um multiplier de 3,6, superando filmes como Guardiões da Galáxia (3,5) e Batman - O Cavaleiro das Trevas (3,4).

O número atual do filme estrelado por Gal Gadot e dirigido por Patty Jenkins se iguala apenas ao primeiro Homem-Aranha, em 2002, que chegou aos mesmos 3,6. No entanto, a previsão é de que o longa da super-heroína alcançe um multiplier de 3,8 vezes o valor da sua estreia. Por enquanto, o filme segue com uma arrecadação mundial de US$ 748 milhões no mundo inteiro.

LeiaJá também

--> Mulher Maravilha quebra recorde de bilheteria na estreia

--> Mulher Maravilha será embaixadora da ONU

--> Filme “Mulher Maravilha” é banido no Líbano

COMENTÁRIOS dos leitores