Edmar Lyra

Edmar Lyra

Coluna Diária

Perfil:Bacharel em Administração de Empresas e Jornalista profissional, é colunista do jornal Gazeta Nossa da Região Metropolitana do Recife e do jornal Folha do Pajeú do Sertão do Pajeú

Os Blogs Parceiros e Colunistas do Portal LeiaJa.com são formados por autores convidados pelo domínio notável das mais diversas áreas de conhecimento. Todos as publicações são de inteira responsabilidade de seus autores, da mesma forma que os comentários feitos pelos internautas.

Palácio ainda sonha com unidade da Frente Popular

Edmar Lyraseg, 21/08/2017 - 09:17

A respeito das movimentações em torno de uma aliança com o PT, o Palácio do Campo das Princesas avalia que a construção não seria fácil, uma vez que há um clima de insatisfação dentro do PT em relação ao PSB que se iniciou em 2012 e as feridas não foram curadas. Na ótica de alguns palacianos o governador Paulo Câmara tem dialogado com todos os atores importantes do estado, pois faz parte da liturgia do cargo conversar com todo mundo, mas a prioridade é manter o PSB unido e consequentemente a Frente Popular que o elegeu em 2014.

Não haverá por parte do PSB local nenhum movimento de hostilidade aos Coelho, a ordem é não só respeitar as posições de Fernando pai e Fernando Filho como também tentar construir pontes que evitem a saída de ambos do PSB, uma vez que o êxodo da família colocaria em xeque a unidade da Frente Popular, pois poderia puxar um cordão de insatisfeitos difícil de ser quebrado. A oferta da vaga de vice será refeita a Fernando para ser ocupada por Fernandinho.

A mesma lógica utilizada para Fernando Bezerra Coelho e família, o Palácio pretende agir com o PSDB, utilizando figuras que circulam tanto junto ao governador quanto ao ministro Bruno Araújo no sentido de refazer as pontes através da intriga do bem, como é o caso do deputado Antônio Moraes, presidente estadual do PSDB, que integra a base governista da Alepe. O Palácio quer convencer Bruno Araújo a voltar para a Frente Popular e ser candidato a senador na chapa de reeleição do governador.

Fechando a conta dos Coelho e dos tucanos, Paulo Câmara acredita que estará colocado o melhor cenário para 2018, uma vez que Armando Monteiro e o PT vivem um processo praticamente irreversível de afastamento, e com duas candidaturas do mesmo campo que estavam juntas na eleição passada servirá apenas para dividir a oposição e beneficiar a reeleição do governador. Dos planos para a realidade falta muito, pois não basta o governador estalar os dedos que os Coelho e os tucanos voltarão para o governo, será preciso muito diálogo, muito mea-culpa do Palácio e muito jogo de cintura do governador para convencer essa turma a não romper e apoiá-lo no ano que vem.

Visita - Em encontro realizado ontem, o deputado e vice-líder da oposição na Câmara Federal, Sílvio Costa (Avante), e o ex-prefeito do Recife, João da Costa (PT) discutiram o fortalecimento da participação de lideranças políticas, sociais, sindicais e comunitárias na agenda do ex-presidente Lula em Pernambuco. Em caravana pelo Nordeste, Lula estará no Recife e Ipojuca nas próximas quinta (24), sexta (25) e sábado (26) e no Sertão do Araripe, no dia 31 deste mês.

Senado - Há um movimento que ainda é incipiente no PSDB que visa convencer o governador Geraldo Alckmin a disputar o Senado por São Paulo no ano que vem e deixar o caminho livre para João Doria ser candidato a presidente. Como serão duas vagas em disputa, Alckmin seria pule de dez para emplacar o mandato. Além disso ele teria o direito de indicar um candidato da sua confiança para disputar o Palácio dos Bandeirantes  e em caso de vitória de Doria, ele seria alçado a um importante e robusto ministério.

Blefe - Na Assembleia Legislativa de Pernambuco ninguém acredita que o ex-prefeito de Caruaru José Queiroz será candidato a governador ou a senador no ano que vem. A pré-candidatura não passa de um blefe para valorizar o passe e tentar viabilizar a reeleição de Wolney Queiroz. O destino de José Queiroz será mesmo a Alepe, onde tem um mandato líquido e certo.

Federal - Para não atrapalhar os planos de Tony Gel, que será candidato à reeleição, o Palácio está incentivando Laura Gomes a tentar um mandato de deputada federal para dividir os votos de Caruaru com Wolney Queiroz e João Lyra Neto. Para estadual já existem as candidaturas de José Queiroz, Tony Gel, Fernando Lucena e Erick Lessa.

RÁPIDAS

Na estrada - Além do Pernambuco em Ação, o governador Paulo Câmara, de acordo com o deputado federal Danilo Cabral, estará andando por todas as regiões de Pernambuco com mais intensidade. Paulo irá seguir com assinaturas de ordem de serviço e inauguração de obras até junho de 2018 quando ficará impossibilitado pela justiça eleitoral.

Candidato - Ainda segundo Danilo Cabral, o governador Paulo Câmara é candidatíssimo a reeleição no ano que vem, dissipando qualquer dúvida quanto à possibilidade de ele não tentar um novo mandato. O que gera esse tipo de dúvida, segundo Danilo, é o fato que o governador está preocupado com os problemas de Pernambuco e não com a eleição que só será em 2018.

Inocente quer saber - Com sua "sarrada no ar", Lula estaria debochando da Lava-Jato que já o condenou em primeira instância?

COMENTÁRIOS dos leitores