Léo Medrado

Léo Medrado

Jogo Rápido

Perfil: Jornalista esportivo, apresentador e comentarista.

Os Blogs Parceiros e Colunistas do Portal LeiaJa.com são formados por autores convidados pelo domínio notável das mais diversas áreas de conhecimento. Todos as publicações são de inteira responsabilidade de seus autores, da mesma forma que os comentários feitos pelos internautas.

SensacioNáutico

Léo Medradoqua, 09/11/2011 - 11:20

E quem um dia irá dizer que não existe razão nas conquistas do futebol... Pra gente entender a grandeza das lições deixadas pelo acesso à primeira divisão conquistado pelo Náutico em 2011, uma volta ao tempo torna-se necessária. Reportemo-nos, pois, ao final do ano passado.

Reuniões e mais reuniões aconteceram entre os baluartes alvirrubros. Em pauta um tema que atormentava e até aterrorizava. Existia, pela terceira vez na história do futebol pernambucano, a possibilidade da perda da exclusividade do maior orgulho do clube: o Hexa estadual.

Grandes colaboradores então se uniram em prol da causa e se comprometeram a viabilizar uma folha de pagamento tão “robusta” quanto a do arqui-rival Sport.

Assim foi. O Náutico montou um time caro, que partiu praticamente em igualdade de condições técnicas com o inimigo da Ilha. Ao final, se deu mal. Na hora decisiva o time amarelou contra o Leão e caiu fora nas semifinais.

Impotente, o Timbu assistiu com sofreguidão o “azarão” Santa Cruz salvar a pátria e evitar o Hexa rubro negro. “Missão cumprida”, disseram alguns. “ufa”, reconheceram outros. Um fato, porém, era irreversível: a maioria dos colaboradores cairia fora e um segundo semestre sombrio era avistado ao horizonte Timbu.

Veio então a Série B. A folha despencou. A qualidade do time era extremamente questionada. O treinador, então, era de uma incompetência quase que unânime. Por coisas que a razão do futebol desconhece, o time encaixou. Deu liga. A equipe titular foi pra ponta da língua de todos os torcedores.  O “burro treinador” virou paizão. Herói do grupo que entrou no G4 na décima terceira rodada e não mais saiu. E subiu para a elite com toda justiça.

SensacioNáutico. Uma conquista memorável e inquestionável. Parabéns alvirrubros. Alvirrubros, não. NAUTICISTAS. E quem um dia irá dizer...  

COMENTÁRIOS dos leitores