Aluno se veste de mulher para fazer vestibular e é preso

Estudante queria se passar por outra pessoa para conseguir ingresso na instituição de ensino na Bolívia

por Lorena Barros seg, 11/02/2019 - 09:46
Foto: Felcc / Reprodução Aluno foi detido pela polícia Foto: Felcc / Reprodução

Um aluno da Universidade Mayor de San Simon, na Bolívia, foi preso após se vestir de mulher para fazer a prova de vestibular da instituição em nome de outra candidata.  O rapaz, que não teve sua identidade revelada, se maquiou para entrar no local de prova, mas logo foi reconhecido por um dos fiscais do certame.

Em entrevista veiculada pelo jornal boliviano Los Tiempos, o estudante de engenharia afirmou que um parente da garota inscrita na prova entrou em contato com ele pela internet e fez a proposta. "Um docente ou auxiliar me viu e disse 'você não é a candidata'. Eu sou bem nervoso e me entreguei", afirmou.

O reitor da universidade afirmou que não há uma norma específica para punir alunos nesse tipo de caso, mas garantiu que a instituição irá analisar o caso.

COMENTÁRIOS dos leitores