USP: segunda fase do vestibular terá menos dias de provas

Quantidade de dias de prova para a segunda fase da Fuvest será menor

por Lorena Barros qui, 27/12/2018 - 08:43
USP / Divulgação Campus da USP USP / Divulgação

O vestibular da Fuvest, principal forma de entrada na Universidade de São Paulo (USP), vai passar por mudanças. A partir de 2019, a segunda fase do processo seletivo terá dois dias, um a menos do que o habitual.

Atualmente, os concorrentes do vestibular têm um primeiro dia de provas composto por dez questões de português e uma redação; o segundo dia composto por 16 questões de disciplinas obrigatórias do ensino médio e um terceiro dia com 12 questões de disciplinas relacionadas à carreira escolhida pelo candidato. A partir de 2019, eles farão o primeiro dia "normal", com redação e português, e um segundo dia apenas de disciplinas específicas do curso escolhido, que podem variar entre duas e quatro, de acordo com cada unidade da instituição.

“A USP adotou essa mudança pensando no estudante. O processo seletivo para entrar em uma universidade pública é desgastante. Ao invés dele ficar 72 horas sob o estresse de provas, agora serão dois dias”, afirmou em entrevista ao Jornal da USP o pró-reitor da instituição, Edmund Chada Baracat.

Os estudantes oriundos de escola pública e os oriundos de escola pública Pretos, Pardos e Indígenas (PPI) também passarão por uma leve modificação no momento da inscrição. As vagas que eram anteriormente reservadas pela instituição agora serão selecionadas no momento da inscrição. Agora, além de optar pela carreira e curso, o vestibulando deverá selecionar se busca vagas de ampla concorrência, ação afirmativa escola pública ou ação afirmativa preto, pardo e indígena.

COMENTÁRIOS dos leitores