IFPE: 4,5 mil vagas abertas para primeiro semestre de 2019

Período de inscrições para vestibular de curso técnicos e superiores será de 15 de outubro a 12 de novembro

por Juan Gouveia ter, 09/10/2018 - 09:15
Paulo Uchôa/LeiaJá Imagens/Arquivo Informações sobre o vestibular foram divulgadas nesta terça Paulo Uchôa/LeiaJá Imagens/Arquivo

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco (IFPE) divulgou, na manhã desta terça-feira (9), os detalhes do vestibular do primeiro semestre de 2019 da instituição. O período de inscrições para os curso técnicos e superiores será de 15 de outubro a 12 de novembro. Os interessados deverão acessar o site da organização do vestibular para realizar o procedimento.

Nesta edição, serão oferecidas 4.583 vagas em 65 cursos distribuídas em 16 campi por todo o Estado. As oportunidades são nas modalidades de ensino a nível técnico integrado - modalidade que permite o estudante a cursar o ensino médio e realizar o qualificação -, técnico subsequentes e superiores - para concluintes do ensino médio.

No ensino superior, o número de cursos ofertados foi ampliado. Agora são 17, sendo quatro a mais em relação ao último vestibular. Com a modificação, agora são oferecidas graduações nas áreas de licenciatura em computação (Campus Afogados da Ingazeira), processos gerenciais (Campus Paulista), administração e hotelaria (Campus Cabo de Santo Agostinho). “Depois de vários estudos em relação às possibilidades de ensino de cada campi, concluímos que através dessas novas oportunidades oferecidas, esses jovens terão a partir do ensino ofertado pelo IFPE a oportunidade de entrada no mercado de trabalho”, defende Anália Ribeiro, reitora da instituição. Além dos novos cursos, ainda há graduações nas áreas de agronomia, engenharia elétrica, computação, gestão de qualidade, hotelaria, música e outros.

Já no nível técnico, a instituição disponibiliza 15 cursos na modalidade integrada e 31 na de nível subsequente. Entre as oportunidades, informática, edificações, eletroeletrônica, química, mecatrônica, agroindústria, logística, telecomunicações entre outros.

Ainda é oferecido um curso de nível integrado através do Programa de Educação de Jovens e Adultos (Proeja), voltado para candidatos com mais de 18 anos que não concluíram o ensino médio. Neste último, a qualificação será em operador de computador, no campus Barretos.

Processo seletivo

Os interessados a concorrer a uma das vagas serão submetidos a provas. De acordo com a instituição, para os cursos a nível técnico será aplicado exame com 30 questões de múltipla escolha com tempo total de três horas. Já ao nível superior, prova deverá ser realizada em quatro horas e contará com 50 questões e redação. Resultado final deverá ser divulgado no dia 1º de janeiro. O conteúdo programático para ambos os casos está disponível no manual do candidato. Provas estão previstas para serem realizadas no dia 16 de dezembro, a partir das 9h. Os locais de provas estarão disponíveis no cartão de inscrição, com liberação datada para o dia 26 de novembro.

Das vagas ofertadas, 50% são destinadas para candidatos cotistas oriundos da rede pública de ensino. Dentro desse percentual, haver uma subdivisão que enquadra os candidatos que têm renda familiar per capita de até 1,5 salário mínimo e os que têm renda superior a essa faixa.

“A partir do encaixe na questão econômica, o candidato deverá se enquadrar nas subcotas destinadas aos estudantes que se autodeclararem pretos, pardos ou indígenas ou também que tenha algum tipo de deficiência”, explica Andréa Barreto - presidente da comissão de vestibular 2019.1. Ainda são destinadas 25% das vagas de ampla concorrência nos cursos de vocação agrícola para moradores de zona rural ou filho de agricultores.

De acordo com o IFPE, candidatos com deficiência física, intelectual ou sensorial dispõem de uma hora a mais para a realização dos exames e têm direito de solicitar condições especiais. Para requerer, o interessado deverá apresentar, entre os dias 15 de outubro e 13 de novembro, no campus que concorrer à vaga, requerimento (disponível no Manual do Candidato) e entregá-lo junto com o atestado médico contendo diagnóstico e CID (Código Internacional de Doenças).

Inscrições

Interessados deverão obedecer ao calendário de inscrição no processo seletivo - observado entre os dias 15 de outubro a 12 de novembro. Para concluir o procedimento, deverá ser realizado o pagamento de taxa no valor de R$ 30 para cursos técnicos e R$ 55 para os cursos superiores até o dia 13 de novembro, exclusivamente nas agências do Banco do Brasil.

Há a possibilidade de isenção de taxa. Para esta, o candidato deverá se encaixar em um dos perfis contemplados. Nesta edição, foi ampliado o acesso ao benefício. “Além dos candidatos com renda per capita inferior ou igual a 1,5 salário mínimo e que estudaram todo ensino médio ou ensino fundamental [a depender da modalidade] em escola pública ou na condição de bolsista integral na rede privada, o IFPE contempla membros de comunidades indígenas ou quilombolas e indivíduos em situação de calamidade pública”, detalha Andréa.

Ainda são amparados estudantes egressos dos programas Mulheres Mil e PROIFPE Acesso e alunos de última série de curso Proeja ofertado pelo IFPE. Se encaixando em algum desses perfis, os interessados deverão solicitar isenção entre os dias 16 e 25 de outubro. Documentos comprobatórios deverão ser entregues no campus em que o candidato pretende concorrer à vaga entre os dias 22 e 26 de outubro. Resultado final dos contemplados estará disponível no dia 1º de novembro.

 

COMENTÁRIOS dos leitores