Cursos EAD prometem ajudar quem almeja ser pastor

Durante a formação, o aluno terá disciplinas como culto bíblico, doutrinas bíblicas, liturgia, tipologia e história da igreja

por Juan Gouveia ter, 12/06/2018 - 11:40
Pixabay Alunos poderão organizar suas aulas no formato EAD Pixabay

As qualificações a distância ganham seu espaço no mercado educacional. O meio religioso, inclusive, também surge com cursos que oferecem a possibilidade de aprendizado sobre o universo bíblico sem sair de casa.  

Com um embasamento bíblico, o curso de formação de pastor a distância promete apresentar ao estudante uma visão sobre as especificidades da função. “Prepara você para ganhar almas, crescer a sua igreja, desenvolver projetos missionários, formar obreiros e pastores, abrir (fundar) e dirigir igrejas, ministrar campanhas, etc”, diz anúncio de uma das empresas que oferecem a capacitação no formato EAD.

No conteúdo programático do curso, há disciplinas como o culto bíblico, doutrinas bíblicas, liturgia, tipologia, história da igreja, história de Israel e discipulado. De acordo com Flávio Nunes, diretor do Instituto Gamaliel - uma das empresas que oferecem o curso -, as apostilas foram desenvolvidas por teólogos e pessoas com experiência na área.

“O estudante recebe o material em pdf e, em anexo, as avaliações. O desenvolvimento do curso depende de sua dinâmica”, explica Flávio, que também é pastor. No mercado desde 2004, a sua empresa já capacitou mais de 7 mil alunos; a duração mínima das aulas é de três meses, enquanto que a máxima é de um ano. 

De acordo com a instituição, o curso é livre e pode ser realizado por quem deseja aprender mais sobre como se dá a formação de um pastor. Durante a sua realização, o processo de aprendizagem é todo acompanhado através de chat e envio de dúvidas por canais de comunicação de cada empresa. “Respondemos os alunos até por WhatsApp. Esse é um diferencial. Uma equipe de profissionais especializados na área esclarece as dúvidas do alunos”, salienta Flávio.

O Instituto Universe é outra empresa que oferta o curso a distância. O diretor pedagógico Valdivino Sousa explica a relação do conteúdo com doutrinas específicas: “O curso é livre e pretende oferecer um embasamento bíblico para ser pastor. O conteúdo é genérico, não se refere a nenhuma doutrina específica. Então, os alunos recebem uma formação que não se aplica a determinada igreja, mas, sim, ao exercício da função”, explica. Valdivino destaca que atualmente há cerca de 20 alunos desenvolvendo o curso pela Universe. O período de aulas é igual ao do curso do Instituto Gamalie.

Valdivino ressalta que o processo de avaliação é realizado ao final do curso. “O estudante envia a prova de conhecimentos para a correção. A equipe da instituição atribui a nota e emite o certificado de conclusão do curso livre, caso o candidato tenha bom desempenho”, explana. Para ser aprovado, o aluno precisa acertar, no mínimo, 50% da prova. 

Já no Instituto Gamalie, o sistema de avaliação contempla uma prova de 82 questões discursivas. De acordo com o Flávio, nela o estudante deve expor os aprendizados referente ao conteúdo desenvolvido no curso. “Enviamos a prova junto com o material. O aluno pode contar com o auxílio do material para desenvolver as questões. Os avaliadores vão pontuar de que forma o aluno entendeu o conteúdo. Para a aprovação, é necessário acertar 70% do exame”, explica o diretor. 

Ele ainda ressalta que o método de avaliação contempla uma forma não engessada na educação. “A teologia é muito dinâmica, por isso prezamos por uma prova em que o aluno esteja livre para desenvolver seu aprendizado. Acreditamos que por múltipla escolha é atribuída uma relação muito engessada com o conteúdo”, pontua. Caso o estudante não atinja o percentual necessário para a obtenção do certificado, os avaliadores entram em contato para auxiliar nos pontos de dúvida encontrados no exame e, por fim, é dada uma nova oportunidade ao aluno.

De acordo com Flávio, os conteúdos desenvolvidos apresentam um panorama de preparação para o exercício da função de pastor, mas não o torna de fato. “O curso pretende dar o embasamento para esse interessado. Ditar as dicas e conhecimento necessário. Ao concluir, o estudante não vai se tornar um pastor. Ele recebe uma credencial que mostra a sua habilidade, adquirida através das aulas. Cabe a sua aplicação no exercício da fé para se tornar um pastor, que é necessário, também, um ordenamento”, ressalta. 

A modalidade a distância permite, também, um investimento mais acessível, como reflete Flávio: “Por não apresentar gastos com a estrutura física, o preço do nosso curso é barateado”. O investimento para a realização do curso é de R$ 300 nas duas instituições.

COMENTÁRIOS dos leitores