MEC nega que ensino médio terá 40% das aulas na EAD

Informação foi divulgada nesta terça-feira (20)

por Nathan Santos ter, 20/03/2018 - 14:23
Pixabay . Pixabay

O Ministério da Educação (MEC) se posicionou, nesta terça-feira (20), a respeito da informação de que parte do ensino médio poderia passar a ser oferecida na modalidade de Educação a Distância (EAD). O posicionamento foi uma resposta à reportagem publicada pela Folha de São Paulo; a matéria dizia que o governo federal pretendia liberar 40% do nível médio em aulas EAD.

De acordo com nota publicada pelo MEC, “não é verdade que o governo queira liberar 40% do ensino médio na modalidade de Educação a Distância (EAD)”. “O texto das Diretrizes Nacionais Curriculares do Ensino Médio ainda é objeto de discussão no Conselho Nacional de Educação – órgão responsável pela definição e aprovação –, sem prazo para terminar, e passará, posteriormente, por audiência pública”, informou a pasta.

Segundo o MEC, apenas depois desse as diretrizes serão analisadas, podendo ou não ser homologadas. No entanto, o Ministério informou que o Conselho Nacional de Educação é um órgão independente e pode discutir as novas propostas para a educação brasileira. 

 

COMENTÁRIOS dos leitores